João Pessoa 26/09/2018 11:17Hs

Início » Economia » AIE reduz projeção de oferta de petróleo pelo Brasil em 2018

AIE reduz projeção de oferta de petróleo pelo Brasil em 2018

A Agência Internacional de Energia (AIE) reduziu pela sexta vez consecutiva sua projeção para a oferta de petróleo pelo Brasil em 2018. Conforme relatório mensal apresentado nesta sexta-feira, 19, pela instituição, a produção doméstica este ano será de 2,91 milhões de barris por dia (bpd) ante estimativa anterior de 2,93 milhões de bpd. No mês passado, a entidade também havia diminuído sua previsão para o abastecimento brasileiro em 2018, que até então estava em 2,96 milhões de bpd.

Para 2017, faltando apenas confirmação de informações sobre o último mês do ano, a AIE manteve seu prognóstico de que serão entregues 2,75 milhões de bpd pelo Brasil, como já aguardava em dezembro do ano passado. Se confirmada essa estimativa, haverá uma expansão da atividade doméstica de petróleo, já que, em 2016, a produção nacional foi de 2,61 milhões de bpd.

A Agência registrou que a entrega brasileira no terceiro trimestre do ano passado foi de 2,73 milhões de bpd e, para o quarto, espera um total de 2,76 milhões de bpd. Para o primeiro trimestre de 2018, a instituição fez uma nova revisão para baixo de suas expectativas, que passaram de 2,80 milhões de bpd para 2,78 milhões de bpd.

A redução no relatório de dezembro havia partido de um total de 2,84 milhões de bpd. Para o período de abril a junho, não houve alteração, com a oferta estimada em 2,90 milhões de bpd. Pela primeira vez, a entidade apresenta seus números para o terceiro trimestre do ano e conta com um suprimento de 2,91 milhões de bpd no período.

Especificamente no mês de dezembro de 2017, a AIE obteve dados iniciais de que o abastecimento do produto pelo Brasil será de 2,83 milhões de bpd, bem maior do que os resultados vistos em outubro (2,75 milhões de bpd) e novembro (2,72 milhões de bpd). O Brasil se tornou um associado da agência ao final de outubro do ano passado, em uma cerimônia realizada em Brasília, com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho.

Demanda

A AIE ainda elevou marginalmente suas projeções para a demanda por petróleo no Brasil em 2017 e 2018, conforme relatório mensal da entidade. Para o ano passado, a estimativa de consumo da commodity passou de 3,08 milhões de barris por dia (bpd) para 3,09 milhões de bpd. Desta forma, a instituição conta com um pequeno crescimento do uso de petróleo pelos brasileiros em 2017, já que no ano anterior havia sido de 3,07 milhões de bpd. Para este ano, o aumento foi de 3,13 milhões de bpd para 3,14 milhões de bpd.

De acordo com a AIE, a demanda pela commodity no primeiro trimestre de 2017 foi de 3,01 milhões de bpd e, no segundo, de 3,05 milhões de bpd. O dado sobre o consumo de julho a setembro ficou em 3,17 milhões de bpd e, para o último trimestre do ano, é aguardada uma desaceleração, para 3,13 milhões de bpd, já que no mês passado a expectativa era de uma diminuição do uso de petróleo no período para 3,09 milhões de bpd.

A entidade atualizou também suas estimativas para a demanda brasileira nos trimestres de 2018. De janeiro a março, a projeção foi mantida em 3,03 milhões de bpd. De abril a junho, a expectativa foi levemente ajustada para baixo, de 3,11 milhões de bpd para 3,10 milhões de bpd.

No caso de julho a setembro também foi vista uma leve alteração da previsão de consumo brasileiro – de 3,22 milhões de bpd para 3,21 milhões de bpd. Já para o período de outubro a dezembro de 2018, a expectativa foi ampliada, de 3,16 milhões de bpd para 3,20 milhões de bpd.

Istoé