João Pessoa 14/08/2018 08:48Hs

Início » Brasil » Beneficiado por habeas corpus, chefe do tráfico no Alemão é solto no Rio

Beneficiado por habeas corpus, chefe do tráfico no Alemão é solto no Rio

Soltura foi concedida por desembargador da 6ª Vara Criminal. MP fez novo pedido de prisão, mas criminoso já estava em liberdade.

edson silva sousaO chefe do tráfico no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, preso em setembro foi solto. Edson Silva de Sousa, conhecido como Orelha, deixou a cadeia nesta quinta-feira (6), beneficiado por um habeas corpus concedido pelo desembargador Fernando Antônio de Almeida, da 6ª Vara Criminal.

Esse mesmo desembargador já havia concedido alvará de soltura para outros presos da operação Urano, só que o Ministério Público entrou com um novo pedido de prisão preventiva para todos os presos na operação, em setembro deste ano, que foi aceito por uma juíza da 25ª Vara Criminal do Rio. Todos estavam presos por associação criminosa e por tráfico de drogas no Complexo do Alemão. O Ministério Público se surpreendeu ao saber que o chefe do tráfico havia sido solto antes mesmo de ser verificado o pedido de prisão preventiva.

A quadrilha comandada por Edson Silva de Sousa desestabilizava todo o processo de pacificação no conjunto de favelas do Alemão e fazia ataques em retaliação à polícia. Em um desses ataques, no dia 28 de abril, criminosos incendiaram ônibus e carros em um dos acessos à comunidade, bem próximo ao Comando de Polícia Pacificadora.

 

O Globo