João Pessoa 26/04/2018 11:45Hs

Início » Brasil » Carandiru: PMs acusados serão interrogados nesta quarta-feira

Carandiru: PMs acusados serão interrogados nesta quarta-feira

carandiru-pms-acusados-serao-interrogados-nesta-quarta-feira.jpg.280x200_q85_cropO terceiro dia do júri da segunda fase do julgamento dos policiais militares acusados de homicídio no massacre do Carandiru será totalmente dedicado aos depoimentos de alguns dos réus. Não foi divulgado quantos PMs devem falar nesta etapa.

Em abril, quando 26 PMs foram a júri pela morte de quinze presos, quatro deles foram interrogados. Entre os réus está o tenente-coronel Salvador ModestoMadia, que havia comandado a Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) até o ano passado.

Nesta segunda fase dos julgamentos do massacre do Carandiru, 25 PMs respondem por 73 das 111 mortes que ocorreram na ação de retomada do Pavilhão Nove do presídio, em outubro de 1992.

Inicialmente, informação divulgada pelo Tribunal de Justiça afirmava que na fase atual também seriam julgados 26 PMs. O número foi corrigido para 25 na tarde desta terça-feira, depois que a defesa afirmou que um dos réus havia morrido e apresentou um atestado de óbito.

Também nesta terça-feira, segundo dia do julgamento, o corpo de sete jurados ouviu os depoimentos de seis testemunhas da defesa. Entre elas estavam o ex-governador Luiz Antonio Fleury e do ex-secretário de Segurança Pública Pedro Franco de Campos, que defenderam a entrada da polícia no presídio.

Duas outras testemunhas tiveram os depoimentos exibidos em vídeo – os desembargadores Luiz Augusto França e Ivo de Almeida, que eram, à época do massacre, ligados à Vara de Execução Penal e à corregedoria, respectivamente, e participaram das reuniões que decidiram pela entrada da PM. Outras duas testemunhas não tiveram sua identidade revelada e o conteúdo de seus depoimentos também não foi divulgado para a imprensa.

O público que tem acompanhando as sessões tem sido pequeno. Nesta terça, durante o depoimento de Fleury, menos de dez pessoas estavam na área reservada ao público. Na maioria, outros PMs.

Fonte: Click PB