João Pessoa 25/05/2018 10:55Hs

Início » Brasil » Ex-padre é condenado a 20 anos de prisão por estuprar menores

Ex-padre é condenado a 20 anos de prisão por estuprar menores

Crimes aconteceram em Caçapava do Sul, no RS, entre 2007 e 2010; religioso vai cumprir prisão em regime fechado

padre presoRio Grande do Sul – Um padre foi condenado a 20 anos de prisão em regime fechado, por estupro de vulnerável continuado e majorado. A decisão é do Leonardo Bofill Vanoni, da 2ª Vara da Comarca de Caçapava do Sul, na Região Central do Rio Grande do Sul, contra o ex-religioso João Marcos Porto Maciel, também conhecido como Dom Marcos de Santa Helena. O suspeito, que foi preso em dezembro de 2014, acusado de abusar sexualmente de menores entre 2007 e 2010, e deste então está na cadeia.

De acordo com o processo, Dom Marcos ganhava a confiança de jovens e familiares, fazendo com que os menores estudassem música sob sua supervisão. “Trata-se, salvo melhor juízo, de um típico perfil de criminoso sexual em série: planeja seus atos, calcula com frieza seus passos, escolhe suas vítimas, age sempre de forma semelhante, comete infrações da mesma espécie, etc”, escreveu o magistrado em sua decisão.

O Dia