João Pessoa 25/05/2018 22:45Hs

Início » Brasil » Forças Armadas vão permanecer no Rio para as eleições.

Forças Armadas vão permanecer no Rio para as eleições.

Militares vão reforçar a segurança em regiões dominadas pelo tráfico e pela milícia.

cristo redentor umOficiais do Exército patrulham a entrada do Maracanã, durante o ensaio geral da cerimonia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio-2016 

RIO — O ministro da defesa, Raul Jungmann, confirmou na tarde desta segunda-feira que as Forças Armadas, que reforçaram a segurança no Rio durante a Olimpíada, irão permanecer na cidade durante as eleições. A permanência dos militares na cidade é para atender um pedido formal do ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Segundo o ministro, os militares irão garantir a segurança dos eleitores, das urnas e dos candidatos em regiões dominadas pelo tráfico e pela milícia.

O general Fernando Azevedo Silva, comandante militar do leste (CML), esclareceu que é preciso aguardar o pedido formal para saber quantos militares serão empregados e onde eles atuarão. O ministro e o general participaram de uma coletiva de imprensa no CML para avaliação da segurança nos jogos do Rio. Também estavam presentes o almirante Leonardo Puntel, comandante do Primeiro Distrito Naval; e o brigadeiro José Euclides da Silva Gonçalves, comandante do Terceiro Comar (Comando Aéreo Regional).

Ao encaminhar o pedido a Jungmann, Mendes atendeu a um pedido do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio, desembargador Antônio Jayme Boente.

“Há muita insegurança no Rio de Janeiro. O próprio presidente (do TRE) nos pediu que fizesse intervenção. E nós cuidamos de traduzir essa preocupação ao ministro Raul Jungmann, da Defesa, para que pelo menos parte dessas forças lá permaneçam depois das Olimpíadas e alcancem o período eleitoral”, afirmou o presidente do TSE, na nota divulgada pela Corte eleitoral.

O Globo