João Pessoa 17/08/2018 09:07Hs

Início » Brasil » Fortes chuvas em São Paulo deixam quinze mortos

Fortes chuvas em São Paulo deixam quinze mortos

Segundo Corpo de Bombeiros, nove pessoas morreram soterradas em Francisco Morato e quatro em Mairiporã. Em Guarulhos, duas pessoas morreram afogadas

fortes chuvas 1As fortes chuvas que atingiram o Estado de São Paulo na noite de quinta e na madrugada desta sexta provocaram deslizamentos e inundações e deixaram ao menos 15 mortos, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros. São nove vítimas fatais no município de Francisco Morato, quatro em Mariporã, uma em Guarulhos e outra em Cajamar.

Um desmoronamento na Rua da Primavera, em Mairiporã, na Grande São Paulo, por volta das 22 horas, matou quatro pessoas, entre elas uma criança de quatro anos, e deixou sete feridos. Oito estão desaparecidas. Em Francisco Morato, nove pessoas morreram soterradas e duas ficaram feridas por causa do desabamento de uma casa, às 00h38. Segundo os bombeiros, duas pessoas morreram afogadas em Guarulhos, na Grande São Paulo. Na capital paulista, quatro pessoas foram socorridas no Jardim Ângela, Zona Sul da cidade de São Paulo, e levadas para o Pronto Socorro de M’boi Mirim.

Em Franco da Rocha, um dos locais mais atingidos pelas águas, casas e carros no centro da cidade ficaram completamente submersos. Em Caeiras, município vizinho, a estação de trem ficou totalmente alagada.

A sexta-feira amanheceu em meio ao caos na capital e em várias cidades da grande São Paulo. Muitos usuários da Companhia de Trens Metropolitano (CPTM) dormiram nas estações e quando o dia clareou ainda sofreram com paralisações e atrasos dos trens. A Linha 7-Rubi – que atende a região da Luz, no Centro de São Paulo, até a cidade de Jundiaí -, a circulação ficou interrompida entre as estações Caieiras e Jundiaí durante toda a manhã. Nesse último município, de acordo com a Defesa Civil estadual, um temporal que começou por volta das 19 horas fez com que o Rio Jundiaí transbordasse. Não há até o momento registro de pessoas feridas, mortas, desalojadas ou desabrigadas.

Aeroporto de Guarulhos – O Aeroporto Internacional de Guarulhos ficou fechado para pousos e decolagens durante seis horas, a partir das 23h50 desta quinta-feira. O temporal alagou uma subestação de energia e algumas luzes da pista de pouso foram apagadas, por medida de segurança.

No total, segundo a administradora do aeroporto GRU Airport, seis voos foram cancelados e outros doze foram alternados para outros aerportos. A operação foi normalizada por volta das 6 horas desta sexta-feira.

(Da redação)