João Pessoa 25/06/2018 03:48Hs

Início » Brasil » Ladrão de bancos usava carteira falsa de PM para entrar em agências

Ladrão de bancos usava carteira falsa de PM para entrar em agências

ladrão de bancoCom uma ficha criminal que reúne sete anotações por roubo a banco e uma oitava por porte ilegal de arma, André Nunes Barcelos, o Russinho — apontado pela polícia como sendo o maior assaltante de bancos do Rio — usava um jeitinho especial para driblar portas giratórias e detectores de metais instalados em agências bancárias. Para entrar nas instituições financeiras, Russinho costumava exibir para os vigilantes uma falsa carteira da Polícia Militar.

De acordo com os depoimentos de testemunhas dos roubos, o falso documento com a foto do bandido foi exibido em pelo menos quatro assaltos. Russinho teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e foi preso na quinta-feira passada, dirigindo um carro entre os bairros de Vasconcelos e Santíssimo. Na ocasião, agentes da Delegacia de Roubos de Furtos (DRF) perseguiram o bandido, que tentou fugir em alta velocidade por ruas e avenidas da Zona Oeste, numa perseguição de dois quilômetros.

Segundo o delegado Márcio Braga, titular da DRF, no momento da prisão, a carteira não foi encontrada com o bandido.

Ele estava desarmado e sem a falsa carteira. Mas sabemos que era ele quem entrava armado no banco. Às vezes, entrava antes dos comparsas; noutras, depois. Estava sempre com uma mochila ou carregando uma bolsa, onde levava as armas. Depois de exibir a carteira e entrar no banco, ele repassava revólveres e pistolas para os outros assaltantes. Só em quatro assaltos praticados por ele, em 2014, foi levado quase R$ 1 milhão — explica o delegado.

Condenado a um total de 11 anos por assaltos a banco, Russinho saiu da cadeia em 2011, beneficiado por um habeas corpus. De acordo com o delegado Márcio Braga, o bandido fazia uma espécie de levantamento nas agências que seriam alvo de sua ação. Uma semana antes do roubo, costumava ir ao banco para estudar o funcionamento do estabelecimento.

Com a prisão de Russinho, a polícia tenta capturar agora Leonardo Braga da Silva, o Léo Capoeira. Apontado como braço direito do assaltante, Léo já teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. Além dele, outros três homens que fazem parte do bando de Russinho também estão sendo investigados.

Léo Capoeira está sendo procurado pela polícia
Léo Capoeira está sendo procurado pela polícia Foto: Divulgação / Polícia Civil