João Pessoa 20/05/2018 23:36Hs

Início » Brasil » Manifestantes pró-impeachment se concentram na Avenida Paulista

Manifestantes pró-impeachment se concentram na Avenida Paulista

Maior parte das pessoas veste verde e amarelo ou carrega a bandeira nacional

impeachment jáManifestantes a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff se concentram na Avenida Paulista, na região central de São Paulo, na tarde deste domingo. Por volta das 10h, chegaram os primeiros caminhões de som dos grupos que organizam o protesto contra o governo.

A maior parte das pessoas veste verde e amarelo ou carrega a bandeira nacional. Os manifestantes ocupam a via, que, aos domingos, costuma ser fechada aos carros e usada como rua de lazer. Dois bonecos infláveis gigantes, um representando Dilma e outro o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em roupas de presidiário, foram instalados no centro da avenida. Nos acessos à via, ambulantes vendem réplicas do boneco e bandeiras do Brasil.

A Polícia Militar está presente com um grande contingente, inclusive dois veículos blindados na altura da Rua da Consolação. A Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) levou um pato inflável gigante e está distribuindo balões amarelos como protesto contra a alta carga tributária.

O empresário Aloísio Fábio de Oliveira, 37 anos, disse que uma das principais razões para estar no protesto é a indignação contra a corrupção.

— Vim porque acho que precisa acabar com essa roubalheira. Ensinar para a minha família o que é civismo. Ver se a gente consegue mudar alguma coisa nesse país, que está difícil, bem difícil — ressaltou.

Foto: MIGUEL SCHINCARIOL / AFP

No entanto, Oliveira não está certo de que a saída da presidente vá, sozinha, ser a solução dos problemas do país. Para ele, é preciso continuar a pressionar o governo, mesmo que haja o impeachment.

— A ideia é mostrar para os governantes, é mostrar que, se ela (Dilma) vai e não faz bem, nós vamos tirar até alguém que faça bem — acrescentou o empresário, que participa do ato com a esposa e o filho.

Veja fotos das manifestações em Porto Alegre e no restante do Brasil:

Além dos movimentos que têm organizado os atos contra Dilma, como o Vem pra Rua, Revoltados Online e Movimento Brasil Livre, parlamentares e celebridades devem ir à Paulista.

O DEM montou um comitê no Hotel Maksoud, que fica em uma via paralela à avenida. No fim da tarde, o deputado federal Pauderney Avelino (DEM-AM) e o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), líderes do partido no Congresso, devem conceder entrevista coletiva.

Zero Hora