João Pessoa 21/07/2018 17:03Hs

Início » Brasil » Metade do déficit de 2015 são pedaladas, diz Levy.

Metade do déficit de 2015 são pedaladas, diz Levy.

Ministro afirma que União tem de pagar passivos de anos anteriores.

levy pedaladasJoaquim Levy, ministro da Fazenda – Ailton de Freitas / Agência O Globo

BRASÍLIA – O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou que metade do déficit de mais de R$ 100 bilhões nas contas públicas estimado pelo governo para este ano se deve à necessidade da União de pagar passivos de anos anteriores. O Ministério da Fazenda estimou rombo de até R$ 60 bilhões para o setor público consolidado este ano, caso haja frustração de receitas de concessões. Outros R$ 57 bilhões, referentes às pedaladas fiscais, ainda poderiam complementar o resultado negativo.
Levy e Barbosa: o primeiro é contra, o segundo à favor da propostaGoverno pode retomar discussão para criar meta fiscal flexível
Joaquim LevyLevy comemora aprovação da nova meta fiscal de 2015
– Metade disso (do deficit), se deve a uma tentativa que estamos construindo de dar solução a passivos anteriores, com intuito de criar medidas de estímulo e crescimento — afirmou o ministro.

O governo está quitando, disse Levy, despesas não pagas de programas como o Plano Safra e o Pronaf, que tiveram ampliação nas subvenções. Ele ressaltou ainda que o setor privado tem procurado o governo pedindo prazo maior para honrar empréstimos feitos no âmbito Programa de Sustentação do Investimento (PSI).

— Abimaq e outros estão pedindo postergação de pagamento no âmbito do PSI, significa que não só o governo está fazendo um esforço mas o setor privado está em busca de um caminho para honrar empréstimos.

O Globo