João Pessoa 19/06/2018 12:21Hs

Início » Câmara em foco » Ex-presidente da Câmara de Sapé é denunciado por suposta improbidade administrativa

Ex-presidente da Câmara de Sapé é denunciado por suposta improbidade administrativa

Atual presidente da Casa protocolou denúncia no Tribunal de Contas do Estado e pedirá investigação ao Ministério Público

A denúncia de superfaturamento da nota fiscal do serviço de digitalização foi protocolada no Tribunal de Contas do Estado e segue para análise da Corte (Foto: Reprodução)

O atual presidente da Câmara Municipal de Sapé, Johni Rocha (PSDB), apresentou uma denúncia contra o ex-presidente da Casa, Luiz Ribeiro Limeira Neto (PSB), por improbidade administrativa. Dois dias antes de deixar a presidência da Casa, no final de dezembro de 2016, Luiz Ribeiro Limeira Neto, teria contratado um serviço de digitalização de documentos.

Cerca de 30 mil páginas de documentos da Câmara teriam sido digitalizadas pelo valor de R$ 6 mil. No entanto, nem os documentos originais, nem cópias e nem as digitalizações estão na Câmara Municipal.

“A data do empenho é dia 29 de dezembro de 2016, e trata-se de uma despesa que foi realizada sem licitação, com cada página saindo a vinte centavos. Quando nós fomos fazer uma cotação de preços com a mesma empresa beneficiada por este contrato, a Menos Papel Digitalização de Documentos Ltda, levando em conta a mesma quantidade de documentos, o valor que conseguimos foi de dez centavos por página. A metade do preço”, explicou Johni Rocha.

A denúncia de superfaturamento da nota fiscal do serviço de digitalização foi protocolada no Tribunal de Contas do Estado e segue para análise da Corte. “Vamos apresentar esta denúncia também ao Ministério Público para que investigue o caso”, concluiu o vereador.

ClickPB