João Pessoa 21/06/2018 23:27Hs

Início » Câmara em foco » Livres trabalha pela filiação de Pedro Cunha Lima e partido admite disputar duas vagas à Câmara Federal

Livres trabalha pela filiação de Pedro Cunha Lima e partido admite disputar duas vagas à Câmara Federal

Blog do Gordinho divulgou, em novembro, que Nacional estaria costurando filiação; presidente estadual confirma ‘diálogo aberto’

O vereador Lucas de Brito, presidente estadual do Livres/PSL, confirmou, nesta terça-feira (19), que o partido trabalha pela filiação do deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB). O Blog do Gordinho divulgou, em novembro, que a Executiva Nacional estaria costurando filiação

Segundo Lucas, intenção do partido é difundir a pauta liberal e a ampliar a bancada na Câmara Federal. De acordo com o parlamentar, articulações estão sendo feitas tanta nacionalmente, quanto estadualmente.

“O Livres, além de renovar o PSL nacionalmente, está tentando atrair para o partido deputados federais que tenham uma boa avaliação, e Pedro foi identificado como um deputado que tem uma pauta liberal, que verbaliza bem as ideias que o Livres defende. Então este diálogo está aberto, instaurado. Tanta a Executiva Nacional tem dialogado com ele, como também nós aqui na Paraíba temos conversado sobre uma possível vinda na janela que se abrirá entre os meses de março e abril”, explicou.

Trabalhando-se com a expectativa da chegada do tucano, partido avalia a possibilidade de lançar duas candidaturas à Câmara Federal. O próprio Lucas já admitiu disputar vaga. “Pedro viria com a missão de fortalecer a disputa na chapa de deputados federais, é realmente um objetivo bem definido de o partido ampliar a sua bancada na Câmara de Deputados. A própria Executiva Nacional tem dialogado sobre a possibilidade de ele integrar alguma função nacional da legenda”, afirmou.

Entretanto, Brito não descarta abrir mão de sua vaga em Brasília e avaliar uma disputa ao legislativo estadual. “Nós na verdade faríamos uma avaliação conjunta. Obviamente Pedro viria com uma votação extraordinária, foi o mais votado nas últimas eleições. E se nós avaliarmos que é vantajoso para o partido ter mais de uma candidatura, e elas se somarem, nós vamos manter a ideia e prosseguir. Se for importante concentrar energia na candidatura de um federal, e fazer uma ampliação da bancada estadual, aí nós podemos adaptar as estratégias”, declarou.

Blog do Gordinho