João Pessoa 18/07/2018 05:12Hs

Início » Câmara em foco » Mesmo preso Leto articula eleição do novo presidente da Câmara e prefeito interino

Mesmo preso Leto articula eleição do novo presidente da Câmara e prefeito interino

Articulação foi denunciada por um dos vereadores da oposição de Leto. Eleição ainda está acontecendo

Prefeito afastado foi preso na manhã desta terça-feira nas investigações da Operação Xeque-Mate (Foto: Arquivo)

A Câmara Municipal de Cabedelo deu início a sessão surpresa nesta quarta-feira (04), após a prisão do prefeito Leto Viana e de cinco vereadores, incluindo o presidente da Câmara, e afastamento de outros cinco. A perspectiva é de que o vereador Vitor Hugo (PRB), aliado de Leto, seja eleito para comandar o Legislativo e por consequência, assuma a prefeitura. Os suplentes de vereador de Cabedelo foram convocados para tomar posse para participar em seguida da escolha da nova Mesa Diretora da Casa, sob protestos da população.

Dez suplentes assumiram na Câmara  após cinco vereadores serem presos e outros cinco serem afastados dos cargos por conta das investigações da Operação Xeque-Mate. Jacqueline Monteiro foi substituída por Benoni Bernardo; Antonio Bezerra foi substituído por Josimar de Lima; Francisco Rogério foi substituído por Valdir Silva; Rosivaldo Alves deixou a vaga para Erlon Cabral; Belmiro Mamede foi trocado por Divino Francisco; Lúcio José do Nascimento Araújo, que era presidente da Casa, foi trocado por Maria do Socorro; Tércio de Figueiredo foi trocado por José Francisco; Josué Pessoa foi substituído por Janderson Bizerril, Rosildo Pereira de Araújo saiu para dar lugar a Jonas Pequeno e Antonio Moacir foi trocado por Maria das Graças Rezende.

O vereador José Eudes (PTB) denunciou a articulação do grupo de Leto, inclusive com a participação do filho dele, para escolha da nova Mesa Diretora. Vitor Hugo já foi líder de Leto na Câmara e é amigo pessoal do prefeito preso. Nessa chapa, estaria a vereadora Professora Geusa Ribeiro como a primeira vice, e por consequência, presidente da Câmara.

O secretário de Comunicação de Leto, Fabrício Magno passou a manhã na Câmara Municipal articulando a eleição da nova Mesa Diretora.

Além disso, de acordo com populares, os suplentes fazem parte do grupo do prefeito afastado e não querem que eles assumam as vagas. Eles se encontram na Câmara Municipal, afastados, em uma sala onde serão empossados.

ClickPB