João Pessoa 16/07/2018 12:37Hs

Início » Câmara em foco » Nome de Marcos Vinícius ascende e presidente da CMJP pode figurar como candidato a vice-governador

Nome de Marcos Vinícius ascende e presidente da CMJP pode figurar como candidato a vice-governador

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Marcos Vinícius, PSDB, vem ganhando cada vez mais espaço em uma chapa que disputará o governo do Estado da Paraíba este ano. O único “obstáculo” para a composição seria o fato de tanto o tucano quanto o “cabeça de chapa” serem radicados em João Pessoa.
A proposta ganhou força na última semana devido a provável pulverização de candidaturas e o argumento de articulistas que defendem Marcos como vice seria justamente a imagem positiva do presidente da Câmara, que vem sendo apontado na mídia como um “grande gestor”, com projetos modernos e que se afinam com a vontade popular. Quanto ao “obstáculo”, cada dia mais lideranças ligadas ao bloco político em questão lembram que Luciano Cartaxo foi vice de José Maranhão em chapa que disputou o governo e que acabou assumindo o Palácio da Redenção após a cassação do tucano.
Assediado, Marcos segue com discrição e longe do farol da mídia, curtindo o recesso parlamentar na praia de Camboinha, onde os políticos fazem qualquer coisa, menos parar de conversar.
Outro ingrediente que estaria favorecendo o nome de Marcos seria o fato de transitar bem entre os diversos blocos políticos, sendo um eficiente bombeiro quando se tenta evitar o esfacelamento de projetos. Provou sê-lo durante o ano de 2017, quando evitou em várias ocasiões a debandada de vereadores aliados do prefeito de João Pessoa para a Oposição, sem contar que no único momento de maior temperatura nos embates (ocorrido na votação da LOA), conseguiu seguir com a votação, mesmo com a ocupação do Plenário. Tudo para cumprir com o que julgava certo.
Em linhas gerais todos são unânimes ao defender que a eleição de 2018 passa também pela Câmara e por seu presidente por sua capacidade de atrair lideranças para o seu redor. E em tempos em que lideranças políticas vêm observando uma pulverização e até “esfacelamento” das alianças, tal capacidade é um destaque que cacifa o presidente do Legislativo pessoense a estar em uma das chapas. Ou seja, transito livre em todos os partidos.
Paraíba Já