João Pessoa 22/04/2018 16:03Hs

Início » Câmara em foco » Vereador viabiliza vacinação em domicílio de pessoas idosas e de pessoas com necessidades especiais

Vereador viabiliza vacinação em domicílio de pessoas idosas e de pessoas com necessidades especiais

O benefício será para quem tiver idade igual ou superior a 65 anos que tenha incapacidade de locomoção. Também valerá para quem tem necessidades especiais, independente de idade, e que não consegue se locomover até a unidade de saúde para a vacinação.

imagesO vereador Djanilson da Fonseca, no primeiro semestre de 2013, teve aprovado Projeto de Lei Ordinária que dispõe sobre a vacinação em domicílio de idosos e pessoas com necessidades especiais durante as campanhas realizadas no Município de João Pessoa, desde que haja a impossibilidade do deslocamento até o local de vacinação.

Segundo o vereador, a iniciativa está de acordo com o Estatuto do Idoso, o qual ressalta a obrigação do Estado de garantir a proteção à vida e à saúde da pessoa idosa por meio de políticas sociais públicas que permitam envelhecimento saudável e em condições dignas.

O benefício será concedido a pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, que sejam impossibilitadas de locomoção, bem como a pessoas com necessidades especiais, independente de idade, igualmente incapacitadas de se locomover até a unidade de saúde para a vacinação.

De acordo com Djanilson, o objetivo do projeto é oferecer maior comodidade a essa parcela da população com atendimentos em seus lares. “Assim eles não enfrentarão filas de espera e outros inconvenientes, melhorando a saúde e atendendo novas políticas públicas que beneficiem essa população”, afirmou o vereador.

Produção parlamentar

Djanilson da Fonseca apresentou 462 matérias no primeiro semestre de 2013, na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). Foram 410 requerimentos, 41 Projetos de Lei Ordinária e 11 Indicações ao Executivo Municipal.

Dentre as Indicações propostas pelo parlamentar, destaca-se a instituição do programa Bolsa Atleta, no âmbito do município de João Pessoa; do Programa Municipal de Mamografia Móvel; do pagamento do adicional de periculosidade para os integrantes da Guarda Municipal; e da redução para 30 horas dos profissionais de Saúde no Município de João Pessoa.

Ascom