João Pessoa 21/07/2018 04:15Hs

Início » Câmara em foco » Vereadora questiona prefeito Panta por pagar R$1,6 milhões com obra paralizada em Santa Rita

Vereadora questiona prefeito Panta por pagar R$1,6 milhões com obra paralizada em Santa Rita

A obra do binário está localizada em Tibiri ll, paralela a BR 230 e foi iniciado em Abril, após poucos dias a obra foi paralizada agora.

Destemida e sem papas na língua, a vereadora Vanda de Vasconcelos (PT do B), no uso na tribuna da Câmara de Santa Rita-PB, na última quinta-feira (5), questionou o prefeito tucano Emerson Panta (PSDB), por efetuar o pagamento na quantia de R$ 1,6 milhões a uma construtora responsável por executar a obra do binário localizada no bairro de Tibiri ll em Santa Rita. O que chamou a atenção da parlamentar foi que o prefeito Panta fez uma festa na inauguração da obra com o construtor e o maquinário e ao iniciar a obra durou apenas uma semana que até hoje continua paralizada e o prefeito liberou milhões em uma medição, denunciou a vereadora Vanda.

“Em Santa Rita a coisa permanece do mesmo jeito, o prefeito Panta pagou R$1,6 milhões e pra onde foi esse dinheiro?, Panta liberoiu essa quantia exorbitante para uma obra que estar paralizada, nenhuma máquina existe e pra onde foi esse dinheiro?, questionou a vereadora Vanda que foi mais além e disse : A Câmara de Santa Rita não pode estar omissa em relação aos recursos do povo e o prefeito Panta está casando e batizando em nossa cidade, gente, fazendo mal a população e se eu visse a população bem assistida eu ficaria calada, “por que eu votei no prefeito Panta para ele trabalhar pelo povo e não que estivesse mentindo e enganando o povo”, disparou a vereadora Vanda.

Em contato com a reportagem do portal Paraíba Urgente, a vereadora Vanda reafirmou que que vai ingressar com uma ação no Ministério Público e ao TCE-PB contra a gestão Panta, por liberar uma quantia milionário com a obra paralizada, pelos quais a população quer saber quais os critérios para o setor de engenharia da prefetiura de Santa Rita poe meio do prefeito liberar sem medição conforme as regras do TCE-PB e a União, com isso, denuncio com provas que estar tudo no Sistema Sagres do TCE-PB que é só acessar e que se ver as imoralidaes dos gestores com o dinheiro público, declarou a vereadora Vanda.

            Produção do vídeo por Marcos Cavalcanti

Lamartine do Vale