João Pessoa 20/06/2018 20:56Hs

Início » Cidades » 87% de aprovação e Dilma foram meu julgamento, diz Lula

87% de aprovação e Dilma foram meu julgamento, diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira, em uma entrevista para o jornal argentino La Nacion, que já foi julgado pelo mensalão durante a eleição de 2010, na qual conseguiu eleger sua sucessora e atual presidente, Dilma Rousseff, e pelo seu índice de aprovação ao final do mandato. Lula participou ontem da abertura de um encontro empresarial  no balneário argentino de Mar del Plata.

Questionado sobre o julgamento do mensalão, que condenou o ex-ministro José Dirceu e importantes quadros do PT, Lula disse que não se manifestou porque, em primeiro lugar, ele era o presidente na época e por isso acredita que, por ser um ex-presidente, não deve opinar sobre o Supremo Tribunal Federal. Além disso, afirmou que o processo está em andamento e, desse modo, é preciso esperar pelo seu fim para então poder emitir a sua opinião.

O petista, perguntado se teme ser julgado, disse que isso já aconteceu. “A eleição de Dilma foi um julgamento extraordinário. Um presidente com oito anos de mandato sair com 87% de aprovação é um grande julgamento, e não me preocupo com nada. Não tenho preocupação alguma. Cada poder, seja o Executivo, o Legislativo ou o Judiciário, tem as suas próprias responsabilidades, e cada um deve cumprir com ela”, disse Lula.

Terra