João Pessoa 26/04/2018 03:35Hs

Início » Cidades » Com drama e nos pênaltis, Palmeiras cai na Libertadores

Com drama e nos pênaltis, Palmeiras cai na Libertadores

Verdão vence Barcelona por 1 a 0 no tempo normal, mas perde duas cobranças e está fora da competição

Dudu saiu de campo chorando no segundo tempo após sentir lesão

Com uma campanha no Campeonato Brasileiro abaixo das expectativas, o Palmeiras recebeu nesta quarta-feira o Barcelona de Guayaquil pela partida de volta das oitavas de final da Libertadores. Com a vitória por 1 a 0 no tempo normal, a disputa da vaga foi decidida nos pênaltis, e quem levou a melhor foram os visitantes. Bruno Henrique e Egídio perderam suas cobranças para o Verdão.

O técnico Cuca optou por uma escalação sem meias, deixando Dudu com a missão de armara as jogadas, e apesar do caldeirão que a torcida fez no Allianz Parque, o Palmeiras não foi bem no primeiro tempo.

Tendo que reverter a derrota por 1 a 0 na partida de ida, o Palmeiras começou nervoso, e o Barcelona ajudava a irritar. Em dez minutos, foram 12 faltas marcadas, média de mais de uma por minuto, e isso deixava o jogo muito tempo parado.

O Palmeiras abusava das jogadas áreas e faltava alguém para comandar o meio campo alviverde, enquanto o adversário se fechava e tentava buscar uma jogada de contra-ataque para achar um gol. Para piorar, o Verdão perdeu o zagueiro Mina aos 39 minutos por conta de uma lesão. O colombiano deixou o campo chorando e aplaudido pela torcida.

Cuca percebeu o erro  no intervalo e tirou Róger Guedes, que estava mal, para a entrada de Moisés. A mudança logo surtiu efeito. Aos cinco minutos, o meia lançou Dudu no ataque e correu para receber dentro da área. Ele cortou o zagueiro e bateu colocado para fazer 1 a 0 Palmeiras.

O gol fez a torcida alviverde explodir em emoção, e o Palmeiras melhorou muito. Aos 15 minutos Dudu chutou e Deyverson completou para as redes, mas o atacante estava em posição de impedimento e o gol foi anulado. Na sequência, o Verdão bobebou muito. O Barcelona cobrou rápido e no contra-ataque Álvez recebeu livre e chutou cruzado, acertando a trave de Jailson.

Aos 18 minutos foi a vez do Palmeiras acertar a trave em chute quase a queima roupa de Keno. Aos 31 minutos, o Palmeiras perdeu mais um jogador que deixou o campo chorando muito, dessa vez foi Dudu que se machucou e teve que ser substituído.

Os 15 minutos finais de jogo foram de muito nervosismo, com as duas equipes tendo chance de marcar. Como ninguém mais estufou as redes, a definição foi para cobrança dos pênaltis. Bruno Henrique perdeu uma cobrança. Quando o Barcelona poderia fechar a série, Jailson defendeu. Nas alternadas, Egídio voltou a errar e deu a vaga aos equatorianos.

Band