João Pessoa 20/06/2018 05:19Hs

Início » Cidades » Em luta incrível, Diaz sobrevive a castigo e finaliza McGregor no UFC 196

Em luta incrível, Diaz sobrevive a castigo e finaliza McGregor no UFC 196

Lutador irlandês levou a melhor nos dois primeiros rounds e aplicou castigo em rival, mas norte-americano levou luta ao solo e finalizou

DIAS UFCDefinitivamente o UFC 196 foi o evento das zebras. Depois de Miesha Tate finalizar Holly Holm e conquistar o cinturão da categoria galo feminina, Nate Diaz surpreendeu, sobreviveu a um grande castigo e finalizou Conor McGregor na noite deste sábado (5) em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Como já era de se esperar, os dois protagonizaram um grande espetáculo no octógono. McGregor conseguiu aplicar bons golpes, especialmente diretos de esquerda e chutes na coxa, o que foi minando a situação de Diaz. No segundo round, o norte-americano já apresentava grande corte e inchaço sobre o olho direito.

McGregor continuava misturando ataques a provocações na luta, sempre com a guarda baixa. Diaz acertou um bom direto no queixo do irlandês, que balançou, e continuou partindo para cima para tentar encerrar a luta. McGregor tentou a queda e acabou caindo por baixo – foi a deixa que o norte-americano precisava para despejar golpes sobre o rival.

Na tentativa de sobreviver, McGregor acabou virando as costas e foi presa fácil para o mata-leão de Diaz. Os “três tapinhas” vieram aos 4min12s do segundo round.

Ao seu estilo descolado, Diaz comemorou ao seu estilo: “Não estou surpreso, seus filhos da mãe”, disse, arrancando risos do público. “Meu jiu-jitsu sempre faz a diferença quando chego ao chão”, declarou. McGregor evitou dar desculpas e reconheceu a superioridade do rival. “Sou humilde na vitória e na derrota. Nate aceitou a luta em cima da hora e foi eficiente. Eu não fui. Eu arrisquei, aprendi, mas não deu certo. Vou aceitar a derrota como um homem, como um campeão, e voltar”, afirmou.

Resultados do UFC 196:

CARD PRINCIPAL

Nate Diaz finalizou Conor McGregor com um mata-leão aos 4min12s do R2

Miesha Tate finalizou Holly Holm com um mata-leão aos 3min30s do R5

Ilir Latifi derrotou Gian Villante na decisão unânime dos juízes (triplo 30 a 27)

Corey Anderson derrotou Tom Lawlor na decisão unânime dos juízes (duplo 30 a 27, 29 a 28)

Amanda Nunes derrotou Valentina Shevchenko na decisão unânime dos juízes (duplo 29 a 27, 29 a 28)

CARD PRELIMINAR

Siyar Bahadurzada finalizou Brandon Thatch com um katagatame aos 4min11s do R3

Nordine Taleb nocauteou Erick Silva com um soco aos 1min34s do R3

Darren Elkins derrotou Chas Skelly na decisão unânime dos juízes (30 a 27, 29 a 27, 30 a 26)

Diego Sanchez derrotou Jim Miller na decisão unânime dos juízes (triplo 29 a 28)

Jason Saggo derrotou Justin Salas por nocaute técnico aos 4min31s do R1

Teruto Ishihara nocauteou Julian Erosa com socos aos 34s do R2

IG