João Pessoa 27/05/2018 13:23Hs

Início » Cidades » Procon-JP atende 8,5 mil consumidores e soluciona 60% dos casos

Procon-JP atende 8,5 mil consumidores e soluciona 60% dos casos

CQK1-1O Procon de João Pessoa atendeu aproximadamente de 8.500 consumidores em 2012 e 60% já tiveram o problema resolvido. Dos 8.337 atendimentos feitos até a segunda semana de dezembro, 5.026 foram finalizados, sendo 3.855 com solução imediata, no primeiro contato do consumidor ao órgão, e 1.171 resolvidos em audiências de conciliação com a empresa reclamada. Nos demais casos, foram abertos processos que estão tramitando no órgão.

De toda a demanda do ano, 4.766 casos (57%) foram encaminhados ao serviço de linha direta, que é um canal de atendimento específico entre algumas empresas e os órgãos de defesa do consumidor, garantindo mais agilidade na solução das reclamações. Das queixas resolvidas através desse serviço, 80,9% foram solucionadas imediatamente e, quando não houve acordo, foi aberto processo para finalizar em audiência.

O perfil do consumidor pessoense que buscou seus direitos no Procon-JP este ano é formado, principalmente, por mulheres entre 21 e 40 anos. Enquanto os homens representam 45% do total, as mulheres chegam a 55%. Por faixa etária, 2,4% têm até 20 anos, 22,08% entre 21 e 30 anos e 23,77% possuem idades entre 31 e 40 anos. Outros 20,9% têm entre 41 e 50 anos, 15,9% de 51 a 60 e 9,9% têm idades de 61 a 70 anos. Acima de 70 anos totalizam 4,9%.

Para o coordenador do Procon-JP, Marcos André Araújo, o órgão encerra o ano mais fortalecido com ações que tiveram bons resultados. “Demonstramos comprometimento em solucionar tanto o caso daquele consumidor que recebeu uma cobrança indevida ou um produto com vício, até os problemas mais complexos, como o desrespeito à Lei das Filas nos bancos, às falhas na telefonia ou o aumento abusivo no preço do combustível”, destacou.

Ele frisou que, para garantir o que preza o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e combater as principais irregularidades, o órgão ainda realizou campanhas educativas, operações especiais de fiscalização e monitorou o mercado de consumo com a realização de 71 pesquisas.

ascom