João Pessoa 16/08/2018 20:09Hs

Início » Cidades » Seleção feminina de handebol vai às semifinais em Toronto

Seleção feminina de handebol vai às semifinais em Toronto

Com Yane Marques na torcida, Brasil goleia o México por 34 a 19 nesta segunda-feira.

handebolMorten Soubak passa instruções para as jogadoras durante o jogo contra o México

A seleção feminina de handebol continua goleando. Assim como fez contra Porto Rico (38 a 21) e Canadá (48 a 12), nesta segunda-feira foi a vez da vítima ser o México – 34 a 19. E a vitória teve uma torcedora especial na arquibancada, a campeã pan-americana e medalhista olímpica Yane Marques, do pentatlo moderno. Ela viu, mesmo com um time misto, a equipe de Alexandra Nascimento vencer fácil e garantir a primeira colocação do Grupo A, deixando as mexicanas em segundo. Mas o Brasil ainda não sabe quem enfrenta nas semifinais dos Jogos de Toronto. Tudo vai depender dos resultados do Grupo B, que tem Cuba x Uruguai e Argentina x Chile mais tarde brigando pelas duas vagas.

– Vim prestigiar o handebol antes de ir embora, prestigiar as meninas dando show. Só tive uma tarde para aproveitar os Jogos de uma outra ótica, a do torcedor. (Já praticou handebol?) Nunca fiz handebol. Mas é só colocar, que eu faço. Se me der tempo para treinar eu encaro – brincou Yane, medalha de ouro em Toronto.

Alê foi a artilheira da partida com oito gols anotados. Fernanda e Ana Paula contribuíram com cinco gols cada. Do lado mexicano, Nashely Jaramillo foi quem mais marcou: três gols. Apesar da presença ilustre e no clima do jogo, a melhor jogadora do mundo em 2012 acabou não percebendo a presença de Yane na torcida:

– Na Vila a gente senta e vem gente perguntar de que esportes somos. Falo que somos campeãs mundiais de handebol. Conhecemos pessoas e essa troca de experiência é maravilhosa. Na verdade, no calor do jogo, acabei nem percebendo que ela estava ali. Fico muito feliz com a presença dela – afirma Alê

 

As semifinais do handebol feminino acontecem na próxima quarta-feira. O primeiro duelo será às 14h30 (de Brasília), e o segundo, às 21h30. O Brasil ainda não sabe qual será seu adversário e o horário do seu jogo, que ainda será definido pela organização dos Jogos.

O Globo