João Pessoa 21/05/2018 20:54Hs

Início » Cidades » Sport desperdiça chances, mas vence São Paulo

Sport desperdiça chances, mas vence São Paulo

sport vence são pauloSe metade do número de oportunidades do Sport fosse concretizadas em gol, o São Paulo sairia da Arena Pernambuco, neste domingo, lamentando uma sonora goleada. O placar de 2×0 não traduz o que foi o Leão em campo, com forte marcação, domínio territorial e velocidade ofensiva. Mas a vitória tem de ser comemorada pelos três pontos que recolocaram os pernambucanos no G4 da Série A do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Elber e Ferrugem.

Todo o ambiente proposto pela torcida do Sport, que encheu as arquibancadas “Padrão Fifa” da Arena Pernambuco, exigia da equipe rubro-negra uma postura ofensiva diante do São Paulo. A vitória não só era esperada como já contabilizada como certa, muito antes de a bola rolar. E o Leão demorou no jogo a fazer jus aos anseios de seus torcedores. Era preciso acertar a marcação para conseguir dominar a partida. Quando conseguiu, o primeiro tempo acabou amplamente dos pernambucanos.

O Sport foi conquistando seu espaço na partida aos poucos. Após dar espaços ao São Paulo, o Leão conseguiu igualar o jogo, e depois foi bastante superior. Quando este estágio foi atingido, as redes paulistas foram violadas. Aos 33 minutos, Marlone e André organizam bela trama pela esquerda e fazem a bola chegar na pequena área. Elber só teve o trabalho de empurrar para as redes.

O placar do primeiro tempo poderia ter sido diferente, no entanto. Um erro de arbitragem foi o primeiro fator fundamental. Em lance onde o juiz Andre Luiz de Freitas Castro marcou pênalti, após André ser puxado dentro da área, a comunicação com os assistentes o fez voltar, e marcar falta fora da área. Depois, um milagre de Danilo Fernandes impediu o empate, após ficar cara a cara com Alexandre Pato e tirar a bola dos pés do atacante. O Sport ainda teve um gol anulado, por impedimento de André.

A mesma postura de forte marcação e velocidade na descida para o jogo voltou com o Sport para o segundo tempo do jogo. O técnico Eduardo Baptista ainda promoveu a estreia de Ferrugem na vaga de Elber. E novas oportunidades acabaram criadas, principalmente porque o time do São Paulo teve de se expor no jogo. E por conta disso, a apreensão cada vez mais tomava conta do torcedor rubro-negro. Até que Paulo Henrique Ganso e Luis Fabiano foram expulsos do jogo, e com a vantagem numérica o Leão chegou ao segundo tento, com Ferrugem, aos 47 minutos. Sacramentando, assim, a vitória.

FICHA DE JOGO

SPORT

Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Rodrigo Mancha) e Diego Souza (Régis); Élber (Ferrugem), Marlone e André. Técnico: Eduardo Baptista

SÃO PAULO

Rogério Ceni; Rafael Toloi, Lucão e Edson Silva (Luis Fabiano); Thiago Mendes (Boschilia), Rodrigo Caio, Hudson, Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato e Centurion (Reinaldo). Técnico: Juan Carlos Osório

Local: Arena Pernambuco (São Lourenço da Mata).
Horário: 16h.
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO).
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS).
Gols: Élber (aos 34 do 1ºT); Ferrugem (aos 47 do 2ºT)
Cartões amarelos: Renê (Sport); Paulo Henrique Ganso, Luis Fabiano (São Paulo)
Cartão vermelho: Paulo Henrique Ganso, Luis Fabiano (São Paulo)
Público: 41994
Renda: R$ 1.254.240,00

Folha de Pernambuco