João Pessoa 26/05/2018 09:46Hs

Início » Cidades » UFC Barueri: Lyoto Machida fecha 2014 com nocaute em um minuto

UFC Barueri: Lyoto Machida fecha 2014 com nocaute em um minuto

Renan Barão também se recuperou e venceu Mitch Gagnon por finalização

lioto vence 2014Lyoto Machida e Renan Barão fizeram grandes lutas e fecharam o ano com vitórias no último evento do UFC no Brasil em 2014. Na madrugada deste sábado, os lutadores brasileiros venceram as duas principais lutas do UFC Barueri, no ginásio José Corrêa. Lyoto Machida precisou de apenas um minuto e dois segundos para nocautear o americano CB Dollaway na categoria dos médios (até 84 quilos). Barão também se recuperou das derrotas deste ano e finalizou Mitch Gagnon na categoria peso-galo.

Tanto Lyoto quanto Barão vinham de derrotas em disputas de cinturão, mas ambos demonstraram força e não decepcionaram a torcida paulista. Dollaway tentou ir para cima de Lyoto logo de cara na luta principal da noite, mas foi surpreendido pelo brasileiro com um potente chute na costela. O americano acusou o golpe e Lyoto finalizou a luta com socos no rosto do adversário. “CB é um cara duro, mas o golpe entrou e ele sentiu”, afirmou o lutador brasileiro de 36 anos após o combate.

Ex-campeão dos galos, Barão subiu no octógono em situação desconfortável, mas também empolgou a torcida. Em maio, ele perdeu o cinturão de forma surpreendente para o americano TJ Dillashaw. Três meses depois, o UFC lhe ofereceu a chance de disputar uma revanche, mas Barão passou mal um dia antes do duelo e foi excluído do evento. O brasileiro, porém, provou estar em boa forma e venceu por finalização no terceiro round.

A luta foi dura e Barão só conseguiu mostrar seu melhor jogo depois de dois rounds sem grandes emoções. No terceiro, ele encaixou um katagatame e ajustou a posição até a desistência de Gagnon. Ao final do confronto, Barão mandou um recado para o campeão TJ Dillashaw. “Quero meu cinturão de volta. Dillashaw, tenho dois presentes para você: minha mão direita e minha mão esquerda. Vou calar a sua boca, porque está falando muita besteira.” Antes, os brasileiros Erick Silva, Daniel Sarafian, Marcos Pezão, Renato Moicano, Hacran Dias, Leandeo Issa e Vitor Miranda haviam vencido suas lutas em Barueri.

 

Veja