João Pessoa 21/06/2018 23:32Hs

Início » Cidades » Vasco vence o América-RN na Copa do Brasil

Vasco vence o América-RN na Copa do Brasil

Após três derrotas seguidas no Brasileiro, time se recupera e ganha confiança

vasco vence 2Herrera festeja o gol com os companheiros – Marcelo Carnaval / Agência O Globo
 

Mudou a competição, mudou o resultado. Após as três derrotas seguidas do Vasco, no Brasileiro, o time conseguiu interromper a má sequência na Copa do Brasil. Venceu o América-RN por 3 a 1, nesta quarta-feira, em São Januário. Desde o dia 15 de abril, contra o Rio Branco-AC (3 a 2), pelo mesmo torneio, o time não marcava três gols numa partida. O triunfo ameniza a crise e dá ânimo para o clássico contra o Fluminense, domingo, no Maracanã.

— Claro que a vitória nos dá confiança para o Brasileiro — disse Biancucchi.

O jogo de volta será na próxima quarta-feira, na Arena das Dunas, em Natal. Ao Vasco, o empate e até a derrota por um gol de diferença servem para seguir na competição. A derrota por 2 a 0 dará a vaga ao adversário graças ao gol marcado fora de casa.

Não chegou a ser um domínio absoluto. Porém, assim que a bola rolou estava claro que o Vasco jogaria pela vitória. Mesmo que as jogadas não fossem tão bem trabalhadas e os chutes de fácil defesa.

Com um belo chute, Biancucchi fez o terceiro gol do Vasco – Marcelo Carnaval / Agência O Globo

O atacante Dagoberto foi o que mais tentou. Aos 24, aproveitou a sobra e mandou uma bomba. A bola parou muito perto do travessão. Aos 36, dominou, girou e chutou por cima do gol de Busatto.

A insistência do Vasco foi recompensada o fim. Nos acréscimos, Riascos cabeceou na trave e a bola voltou na direção do atacante Herrera. O argentino, também de cabeça, marcou o primeiro gol no clube: 1 a 0.

Porém, erros individuais quase custaram a vitória vascaína. Logo aos 10 minutos, o zagueiro Aislan tentou tirar a bola da área e furou bisonhamente. Reis agradeceu o presente com o gol de empate.

Sorte que o zagueiro Flávio ajudou do outro lado ao derrubar Jhon Cley na área. Pênalti aos 16 minutos. Anderson Salles cobrou com precisão: 2 a 1.

A garantia da vitória veio aos 33. A zaga adversária afastou mal e Biancucchi ficou com a bola. Ajeitou com classe e chutou no canto superior do goleiro. Ainda bem que o Vasco já havia decidido a partida, quando Dagoberto foi expulso. Ele recebeu o segundo cartão amarelo, após dar cotovelada em Lucas.

VASCO 3X1 AMÉRICA-RN

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Público e renda: 2.689 pagantes / R$ 63.480,00

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Auxiliares: Herman Brumel Vani (RJ) e Alex Ang Ribeiro (SP)

Cartões amarelos: Dagoberto e Christianno (Vasco); Flavio Boaventura (América-RN)

Cartões vermelhos: Dagoberto (Vasco)

GOLS: Herrera, 47’/1T (1-0); Reis, 7’/2T (1-1); Anderson Salles, 17’/2T (2-1); Emanuel Biancucchi, 33’/2T (3-1)

VASCO: Jordi; Madson, Aislan, Rodrigo e Henrique (Christianno, 6’/1T); Anderson Salles, Guiñazú e Emanuel Biancucchi; Riascos (Jhon Cley, 10’/2T), Herrera (Thalles, 26’/2T) e Dagoberto – Técnico: Celso Roth

AMÉRICA-RN: Busatto; Lucas Newton, Flavio Boaventura, Cleber e Rafael Estevam (Gláucio, 30’/2T); Judson, Zé Antonio Paulista e Álvaro; Marcelo Maciel (Reis, intervalo), Cascata e Adriano Pardal (Bruno Farias, 41’/2T) – Técnico: Roberto Fernandes

  • A emoção de Biancucchi ao fazer o terceiro gol do VascoFoto: Marcelo Carnaval / Agência O Globo

  • O Globo