João Pessoa 23/07/2018 04:19Hs

Início » Cidades » Vinícius Jr., Paquetá, Arthur… Permanência de Tite e reformulação da Seleção está em pauta

Vinícius Jr., Paquetá, Arthur… Permanência de Tite e reformulação da Seleção está em pauta

Brasil perderá alguns jogadores experientes na Copa do Catar

Vinicius Junior é um dos favoritos para disputar a Copa do Catar – GILVAN DE SOUZA / FLAMENGO

Rio – Assim que passar a ressaca da eliminação na Copa, a CBF não terá apenas que definir se Tite permanece. A reformulação para o Mundial no Catar, em 2022, também entrará em pauta. Ainda mais com a provável saída de titulares que podem ter feito sua última participação em um Mundial.

Da equipe que perdeu para a Bélgica na sexta-feira, sete jogadores têm mais ou já beiram os 30 anos. Miranda, Fernandinho e Thiago Silva têm 33 e Geromel e Filipe Luís, com 32, são os mais velhos do grupo e chegariam em 2022 com 37 anos, idade difícil para disputar uma Copa.

Cortado da Rússia por causa de cirurgia no joelho direito, Daniel Alves (35) é outro que dificilmente terá outra oportunidade. Renato Augusto, Taison e Marcelo (30), assim como Fagner, Willian e Paulinho (29), estão no limite e dependerão de seus desempenhos ao longo de todo o processo.

“Há vários jogadores jovens que vão dar a volta por cima. Já falei isso para eles. São jovens, têm grande talento e seguramente vão ganhar. Nós, mais experientes, temos que ajudá-los. Essa Copa serve de aprendizado a quem seguir na Seleção”, afirmou o zagueiro Miranda, em tom de despedida.

NOVA GERAÇÃO

A base para 2022 deve ser mantida por nomes como Alisson (25 anos), Marquinhos e Eerson (24), Danilo, Casemiro, Coutinho, Firmino e Neymar (todos com 26) e Gabriel Jesus (21). E, mais experientes, poderão comandar novos nomes que devem começar a ganhar chances nas convocações a partir de setembro, em dois amistosos nos Estados Unidos.

Alguns já até foram chamados, como Arthur, que se apresentará ao Barcelona. Outros, estão na mira de Tite, como Lucas Paquetá, incluído na pré-lista de 35 convocados para a Copa. Ao lado deles, há uma nova geração pedindo passagem, como Vinícius Junior chegando ao Real Madrid), Richarlison (Watford), Fabinho (Mônaco), Rodrygo (Santos), David Neres (Ajax) e Malcom (do Bordeaux, que pode ir para a Inter de Milão).

O Dia