João Pessoa 14/08/2018 08:48Hs

Início » Destaque » Acidente de helicópteros mata três atletas de elite franceses na Argentina.

Acidente de helicópteros mata três atletas de elite franceses na Argentina.

Colisão de aeronaves deixou 10 mortos, entre eles oito integrantes de reality show da televisão frances

HelicopiteroHelicóptero colidiu contra outro próximo à Villa Castell, na província de La Rioja

BUENOS AIRES/PARIS – Oito cidadãos franceses, incluindo a nadadora olímpica Camille Muffat, o lutador de boxe Alexis Vastine e a velejadora Florence Arthaud, estão entre as dez pessoas que morreram na colisão de dois helicópteros na Argentina, nesta segunda-feira, durante as filmagens de um reality show da televisão francesa. Além dos franceses, que participavam da filmagem do reality de sobrevivência do canal de televisão da França TF1, também morreram dois pilotos argentinos.

Camille Muffat, de 25 anos, foi campeã olímpica nos 400m livre e medalhista de prata nos 200m livre nos Jogos de Londres de 2012. Alexis Vastine, de 28 anos, ganhou o bronze nas Olimpíadas de Pequim em 2008. Florence Arthaud, de 57 anos, foi uma das primeiras mulheres reconhecida no mundo da navegação e em 1990 bateu o recorde da travessia solitária mais rápida no Atlântico Norte.

O acidente ocorreu na província de La Rioja, perto das montanhas da cordilheira dos Andes, informaram autoridades locais, acrescentando que a causa do acidente ainda não é conhecida.

“A morte repentina de nossos cidadãos franceses é uma causa de grande tristeza”, disse um comunicado do gabinete do presidente da França, François Hollande, em Paris.

Os outros cinco franceses que morreram no acidente foram identificados pelas autoridades argentinas como Laurent Sbasnik, Lucie Mei-Dalby, Volodia Guinard, Brice Guilbert e Edouard Gilles. Eles eram membros da produtora ALP envolvidos nas filmagens do reality show de sobrevivência “Dropped”, exibido pela emissora de televisão francesa TF1. Além dos franceses, também morreram dois pilotos argentinos.

A TF1 emitiu um comunicado expressando tristeza e pesar às famílias das vítimas. “Dropped” é um programa em que os concorrentes são abandonados em um lugar inóspito e têm como desafio encontrar o caminho de volta à civilização.

A agência oficial de notícias Telam disse que um dos helicópteros pertencia à província de Villa Castelli e o outro era da polícia de de Santiago del Estero.

Acidente aconteceu no interior da província de La Roja, na região nordeste da Argentina – Gabriel Gonzalez / AP

Os outros cinco franceses que morreram no acidente foram identificados pelas autoridades argentinas como Laurent Sbasnik, Lucie Mei-Dalby, Volodia Guinard, Brice Guilbert e Edouard Gilles.

A informação foi divulgada em um primeiro momento pelo governo de La Rioja, a 1.100 km ao noroeste de Buenos Aires, onde aconteceu o acidente.

— Há dez mortos. Não há sobreviventes — declarou o secretário de Segurança de La Rioja, delegado Luis César Angulo, em entrevista ao canal de notícias TN.

O acidente aconteceu por volta das 17h (17h em Brasília), na localidade de Villa Castelli, uma área montanhosa de céu aberto.

Os dois helicópteros foram emprestados por governos locais para a produção do reality show. Segundo a rádio local Fenix, havia cinco pessoas em cada aeronave, sendo quatro franceses e um piloto argentino por veículo.

— Estavam fazendo um reality de sobrevivência, motivo pelo qual entre as vítimas estão os concorrentes que voavam sobre Quebrada El Yeso e Quebrada Condado, uma área remota da província, ideal para experiências extremas por suas características — explicou o jornalista Aldo Portugal, da rádio Fenix.

Falando de Villa Castelli para rádios locais, testemunhas relataram que os helicópteros se chocaram quando as condições climáticas eram boas para voar.

O Globo