João Pessoa 16/07/2018 06:47Hs

Início » Destaque » Analista judiciário reage a sequestro, mas é esfaqueado no rosto e solto em matagal em Bayeux

Analista judiciário reage a sequestro, mas é esfaqueado no rosto e solto em matagal em Bayeux

A vítima foi liberada em um matagal na cidade de Bayeux, região metropolitana da Capital, com diversos golpes de faca no rosto após reagir ao crime

120829,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0O analista judiciário Luiz Carlos de Andrade, 42 anos, foi vítima de um sequestro relâmpago no bairro dos Estados, em João Pessoa, no início da tarde desta segunda-feira (1). A vítima foi liberada em um matagal na cidade de Bayeux, região metropolitana da Capital, com diversos golpes de faca no rosto após reagir ao crime.

Segundo informações do major Carlos Magno, comandante da 3ª Cia de Bayeux, o analista estava estacionando o próprio veículo no bairro dos Estados quando foi surpreendido por cerca de três homens. “Ele disse à guarnição do cabo Braz – que fez o resgate – que os criminosos o colocaram dentro do próprio veículo e o levaram com destino ao bairro Mario Andreazza, em Bayeux”, narrou o policial.

O major explicou que os bandidos estavam liberando a vítima em um matagal quando Luiz Carlos pegou um pedaço de madeira – que estava no carro – e resolveu reagir contra os marginais. “Quando ele tentou espancar os bandidos, eles revidaram e deram profundos golpes de faca no rosto dele. Uma viatura estava passando pelo local e o homem pediu socorro. A vítima perdia muito sangue”, revelou major Magno.

Luiz Carlos de Andrade foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa pelo carro da PM. A vítima não corre risco de morte e continua em observação. Os bandidos fugiram levando o carro do analista judiciário, que ainda não foi encontrado.

Hyldo Pereira