João Pessoa 21/05/2018 07:12Hs

Início » Destaque » Anitta defende o Funk e fala do clipe “Vai Malandra’: ‘Minhas Origens’

Anitta defende o Funk e fala do clipe “Vai Malandra’: ‘Minhas Origens’

Vai ser ao som do batidão que Anitta encerra o ano de sua consagração. Gravado na comunidade do Vidigal, o clipe de “Vai malandra” será lançado na próxima segunda-feira, dando fim (que pode ser temporário, aliás) ao projeto “CheckMate”. Desta vez, a cantora divulga o novo trabalho com um ao vivo em seu canal no Youtube, a partir das 11h, no dia do lançamento. A apresentadora Didi Wagner vai acompanhar a Poderosa nessa empreitada com perguntas e curiosidades sobre as gravações na comunidade da Zona Sul carioca. Já na expectativa da estreia do vídeo, Anitta conversou com o EXTRA e mostra cliques inéditos do clipe.

Como espera que o mundo receba esse novo trabalho, repleto de elementos tão presentes na cultura carioca?

Tive a oportunidade de mostrar minhas origens neste clipe. Um pouco do que eu mesma curtia onde eu morava. O bronze na laje, o baile funk, o mototaxi e a alegria, claro. O clipe é pra cima, alegre, cheio de vida. O funk mora em mim e faz parte de quem eu sou. Eu estou muito feliz com o resultado e com a música.

O clipe de “Vai malandra” foi gravado no Vidigal
O clipe de “Vai malandra” foi gravado no Vidigal Foto: Andre Munhoz/ divulgação

“Vai malandra” é um batidão clássico. É um retorno também às suas origens musicais?

O funk sempre esteve presente nos meus shows e em algumas faixas dos meus álbuns. “Vai malandra” é bem raiz e eu amo isso. Eu continuo a fazer, a gostar e a defender nossa cultura e me orgulho muito disso. Não pretendo deixar, muito pelo contrário. Nesta música temos participação internacional também e pretendo levar o funk para que muitas pessoas conheçam.

O clipe de “Vai malandra” foi gravado no Vidigal
O clipe de “Vai malandra” foi gravado no Vidigal Foto: Andre Munhoz/ divulgação

Um clipe por mês foi um projeto ousado. Como superá-lo em 2018?

Não penso nisso. Fazer música é o que eu gosto e o que escolhi para minha vida. Meu foco é fazer (rs). Em 2018, teremos muitas novidades! “Checkmate” foi um projeto do qual me orgulho muito. Quem sabe a gente não retoma ele em 2018? Já pensou?

Em uma frase, como Anitta resumiria seu ano de 2017?

Meu ano foi repleto, muito especial em todos os sentidos.

Extra