João Pessoa 28/05/2018 01:04Hs

Início » Destaque » Após assembleia no Sinfesa: servidores da saúde com salários atrasados, decidem ocupar secretaria da saúde e exigir salário em Santa Rita

Após assembleia no Sinfesa: servidores da saúde com salários atrasados, decidem ocupar secretaria da saúde e exigir salário em Santa Rita

IMG_20150316_113439174[1]Servidores da saúde revoltados e indignados com salários atrasados desde fevereiro nesta segunda-feira (16) em sua sede na Juarez Távora 370 centro, em mais uma assembleia realizada com uma pauta recheada de mais reivindicações de aumento de salário, terço de férias atrasados além do salário de fevereiro que não foi efetuado ainda pala gestão, servidores decidem ir até a secretaria de saúde cobrar do prefeito Reginaldo Pereira explicação do recurso que foi repassado ao município e não foi pago aos servidores.

Na secretaria de saúde o prefeito Reginaldo recebeu uma comissão do sindicato que representa a categoria e nas alegações do prefeito o secretário de saúde teria descumprido uma determinação que seria pagar aos servidores que o patrimônio da administração, os quais o prefeito se comprometeu em pagar amanhã (17) que os proventos estarão em suas contas, afirmou o prefeito.

De acordo com o sindicalista José Farias após reunião com o prefeito explicou que é inadmissível o atraso dos servidores da saúde, haja vista, que ultrapassou o 5º dia útil e a gestão tem conhecimento que está errada e a assessoria jurídica do Sinfesa foi acionada e a categoria só voltará ao trabalho com seu salário em dia, pelos quais hoje já são dia (16) e se aproxima já para o segundo repasse de FPM, e se deixar juntar, e do jeito que se encontra os recursos mal administrados em Santa Rita vai atrasar outra vez os salários dos servidores, a saúde se encontra péssima em Santa Rita e com atrasos de salários vai piorar mais ainda, acrescentou José Farias.

Conforme ainda José Farias o prefeito Reginaldo Pereira se comprometeu em efetuar o pagamento dos 300 servidores efetivos que foram penalizados sem receber seus salários do mês de fevereiro que foi trabalhado, que desde que assumiu a gestão não cumpriu até hoje com sua palavra com os servidores e estamos preparando os servidores em geral para discutir o aumento de salários de todas as categorias e que provavelmente se nossas reivindicações não forem atendidas a única solução será greve geral no município, explicou o sindicalista José Farias.

 

IMG_20150316_113812557[1]IMG_20150316_101948067[1]IMG_20150316_094413428[1]IMG_20150316_111229847_HDR[1]IMG_20150316_113446819_HDR[1]

 

 

 

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente