João Pessoa 23/05/2018 18:20Hs

Início » Destaque » Após período de intervenção, Nosman diz vai requerer a presidência da FPF ; “Estou Limpo”.

Após período de intervenção, Nosman diz vai requerer a presidência da FPF ; “Estou Limpo”.

 O vice-presidente da Federação Paraibana de Futebol Nosman Barreiro afirmou nesta terça-feira (15), no Correio Debate que após período de intervenção pelo conselho de ética da CBF vai requer da posse do cargo de presidente, “a intervenção afetou exclusivamente o presidente Amadeu Rodrigues com as denúcias que iniciei solicitando prestando de contas e transparência além das novas denúncias que surgiram com a compra de resultados de jogos por meio de dirigentes de clubes e arbitragem que o campeonato paraibano poderá cancelado”, disse Nosman.

“Em virtude das denúncias do processo que se encontra ainda em secredo de justiça e que poderá ter o sigilo quebrado pela magistrada que está à frente desse caso, poderão surgir mais de 100 mil interceptações, são gravações demais de todos os tipos e o vasamento que saiu agora, que eu creio que não chega a 5% na primeira parte do processo que chega ameaças de todos os gêneros iclusive a mnha pessoa, declarou Nosman.

“Contrinuo sendo vice-presdiente da federação paraibana de futebol e estou pronto para colabora e assumir o cargo de presidente que sou denunciante, que segundo o conselho da federação nada consta contra a minha pessoa, até por que sou o denunciante e que vou reivindicar o cargo de presidente, que acredito que hoje chegará o interventor e hoje já consta relatório que nada consta contra o vice-presidente junto ao processo como denunciante, que na primeira denúncia no conselho de ética pedi o afastamento do presidente Amadeu Rodrigues pelas irregularidades”, alegou Nosman Barreiro.

Contudo, ainda Nosman disse que vê tudo isso com muita tristeza que está acontecendo na federação que teve nossa denúncia, após assumir a presidência da federação vamos trabalhar com transparência e para resgatar a credibilidade e auto estima dos torcedores  e voltar a confiar e investir no futebol paraibana,” nosso futebol foi jogado na lama na mídia nacional” que de posse da presidência da federação vamos passar tudo a limpo e tudo que for realizado será por meio de transparência e quem for for culpado que seja penalizado pelo seu crime e pelo número de denúncias que está aparecendo no processo acredito que o campeonato paraibano seja cancelado devido a inclusão com envolvimento de vários diretores de clubes garantindo resultado por meio de arbitragem pelos valores mencionados nas gravações e que o nível do campeonato paraibano foi a zero, lamentou Nosman.

Por fim, o vice-presidente Nosman ressaltou que após o interventor estiver de posse pelo prazo de trinta dias e que vai realizar um relatório para enviar o conselho de ética da CBF e que possivelmente nada nos impede de assumir o cargo de presidente que nada consta contra minha pessoa e que a  intervenção foi exclusivamente ao presidente denunciado Amadeu Rodrigues, lembrou Nosman Barreiro.

Lamartine do Vale