João Pessoa 17/08/2018 23:10Hs

Início » Destaque » Apreensões de drogas no Presídio de Sapé

Apreensões de drogas no Presídio de Sapé

Em mais uma ação denominada “Operação pente-fino”, realizada na manhã desta sexta (19/10) exclusivamente pelos agentes penitenciários de Sapé, sob o comando da direção da Unidade Prisional, materiais proibidos e ilícitos foram apreendidos no interior das celas do Presídio local.

Na vistoria foram apreendidos 09 celulares; 04 carregadores, 12 baterias, 03 chips, 14 espetos, produzidas com chapas de ferro retiradas da própria unidade, várias tintas para feitura de tatuagem artesanal, espelho, vários comprimidos psicotrópicos, 79 trouxinha de maconha e 02 porções de maconha prensada de peso ignorado. O material foi encontrado dentro de buracos
feitos em paredes “tocas”, no interior de pedaços de sabão em barra e recipientes de manteiga, nos canos de descarga dos banheiros das celas e dentro de materiais de artesanato.

Os internos envolvidos com o material apreendido foram encaminhados para a cela de isolamento pelo prazo de 30 (trinta) dias, e reabilitação da certidão carcerária no prazo de 180 dias, ou seja, ficarão impossibilitados de receber qualquer benefício processual pelo prazo de 06 meses. Quanto aos materiais estes foram encaminhados a delegacia de policia civil desta cidade, onde será instaurado inquérito que investigará a procedência do material para a aplicação da devida sanção legal.

A Penitenciária Regional de Sapé, atualmente dirigida pelo Diretor Silva Neto, tem capacidade para 80(oitenta) internos, abrigando, atualmente, 186 (cento e oitenta e seis) detentos em regime fechado.

De acordo com Silva Neto afirmou que mesmo com a superlotação no presídio de Sapé, o sistema prisional daquela cidade está “sob controle”. Os secretários daquela pasta que ali passaram elogiaram a gerencia do  diretor Silva Neto, inclusive com a redução das rebeliões e com a mudança no comportamento dos detentos que são acompanhados psicólogos do sistema.

 Conforme o diretor Silva Neto, que está a frente do sistema penitenciário  há quase 18 meses, tem prestados relevantes serviços a comunidade não só ao sistema, más ressocializando homens pra o retornar a sociedade, além de trabalhos educativos com detentos e ao ingresso familiar.

 Lamartine do Vale