João Pessoa 22/06/2018 07:30Hs

Início » Destaque » Cartaxo engrossa o tom com aliados: “Não dá pra se dividir toda eleição”

Cartaxo engrossa o tom com aliados: “Não dá pra se dividir toda eleição”

cartaxo engrossa o discursoApesar de até agora ter demonstrado uma paciência pra lá de elástica com os aliados, o prefeito de João pessoa, Luciano Cartaxo (PT), parece disposto a cobrar com mais firmeza a fidelidade de vereadores e secretários que não acompanharam sua aliança nas últimas eleições.Em entrevista ao programa Rádio Verdade da Rádio Arapuan FM na tarde desta terça-feira (11), Luciano revelou que até “compreende” as dificuldades que alguns aliados tiveram de apoiar a aliança com o governador, Ricardo Coutinho (PSB), mas indicou não aceitar mais defecções. “Nós temos um projeto e não dá pra ficar se dividindo em toda eleição”, desabafou.Cartaxo disse ainda que chegará o momento oportuno de conversar com a bancada sobre os atos de rebeldia. “Nossa aliança foi acima de tudo corajosa! Recebemos diversas manifestações contrárias de pessoas que tinham dificuldades de apoiar Ricardo por razões pessoais ou compromissos anteriores, mas deu certo. Deu o que nosso feeling apontava. Não tivemos o acompanhamento de boa parte dos secretários e dos vereadores, mas deixamos para resolver isto posteriormente”. E completou: “Quem vai, vai”.Sobre as mudanças no secretariado, Luciano disse que não vai se concentrar apenas no posicionamento político assumido pelo titular da pasta nessa campanha, mas reiterou que este fator também terá peso. “Não vamos fazer uma mudança só pela eleição, mas claro que há casos que temos que avaliar”.

Por fim o prefeito de João Pessoa não deu pistas sobre o futuro político de seu irmão, o candidato ao senado, Lucélio Cartaxo (PT), mas lamentou os erros do IBOPE: “O ibope deu 25 pontos de diferença de Maranhão para Lucélio e quando saiu o resultado foi para 7”. E encerrou: “As pessoas elogiaram as pesquisas para governador, mas para o senado foi um desastre completo”.

 

ClickPB