João Pessoa 14/08/2018 21:29Hs

Início » Destaque » CASO REBECA: Justiça prorroga prisão de suspeito de assassinar a estudante em 2011

CASO REBECA: Justiça prorroga prisão de suspeito de assassinar a estudante em 2011

caso rebecaA Polícia Civil da Paraíba conseguiu, nesta sexta-feira (19), a prorrogação por mais 30 dias da prisão temporária de Edvaldo Soares, padrasto da estudante Rebeca Cristina Alves Simões, e apontado pela Polícia como suspeito do homicídio que vitimou a jovem, em 2011, em João Pessoa.

“A prorrogação foi solicitada pela Polícia Civil e o Ministério Público assim como o 1º Tribunal do Júri tiveram entendimento favorável. A representação foi feita para que pudéssemos dar continuidade às investigações e diligências, que certamente vão ajudar no esclarecimento do caso e dar robustez ao inquérito policial”, disse o delegado Glauber Fontes, que coordena o inquérito que apura o homicídio da estudante Rebeca.

ENTENDA O CASO – Rebeca Cristina, de 15 anos, foi abusada sexualmente e assassinada em 11 de julho de 2011, quando fazia o trajeto entre a casa da família e o Colégio da Polícia Militar, em Mangabeira VIII, Zona Sul de João Pessoa. O corpo da estudante foi encontrado com várias marcas de disparos de arma de fogo, em um matagal na Praia de Jacarapé, no Litoral Sul da Paraíba.

Secom