João Pessoa 21/07/2018 15:22Hs

Início » Destaque » Cinco homicídios são registrados na Região Metropolitana de João Pessoa

Cinco homicídios são registrados na Região Metropolitana de João Pessoa

Casos ocorreram em João Pessoa, Conde e Bayeux, segundo a polícia. Em um dos casos, pai e filho foram mortos a tiros dentro de casa.

revolver seisPelo menos cinco homicídios foram registrados na Região Metropolitana de João Pessoa entre a noite de sexta-feira (20) e as primeiras horas deste sábado (21). Conforme levantamento feito pela Polícia Civil, os assassinatos ocorreram nos bairros dos Bancários e Torre, na capital paraibana; em Bayeux, na área da Grande João Pessoa, e em Jacumã, distrito da cidade do Conde. Todas as vítimas morreram por ferimentos causados por arma de fogo, ainda de acordo com a polícia. Em um dos casos, pai e filho foram mortos dentro de casa.

O primeiro crime foi registrado no início da noite de sexta-feira (20). Na comunidade do Timbó, no bairro dos Bancários,na Zona Sul de João Pessoa, um comerciante, de 54 anos, morreu após ser baleado durante um assalto ao seu estabelecimento. Segundo informações da polícia, o comerciante tentou reagir ao roubo e foi baleado pelo assaltante. Ele chegou a ser levado para o Hospital de Trauma de João Pessoa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade, conforme boletim médico divulgado pelo hospital.

Também em João Pessoa, poucas horas depois do crime registrado nos Bancários, um outro homicídio foi notificado pela polícia. No bairro da Torre, um homem de 32 anos morreu após ser baleado quando passava pela Rua Professor Eliseu Maul em um motocicleta com a companheira. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu no local onde foi atingido pelos tiros. A mulher que seguia no passageiro não ficou ferida. De acordo com a Polícia Militar, a vítima era presidiário e cumpria pena no regime semiaberto.

Na madrugada deste sábado (21), mais dois homicídios na Região Metropolitana de João Pessoa. Em Jacumã, distrito da cidade do Conde, no Litoral Sul da Paraíba, pai e filho foram assassinados a tiros dentro de casa. Um homem invadiu a casa em que estavam as duas vítimas e efetuou vários disparos de arma de fogo. O pai, de 54 anos, e o filho, de 35 anos, não resistiram e morreram no local. A polícia acredita que o pai tentava proteger o filho no momento dos tiros, tendo em vista que o homem de 35 anos era ex-presidiário e havia deixado a prisão há cerca de um mês.

Ainda durante a madrugada de sábado, a polícia registrou o último caso de homicídio. Em Bayeux, um homem morreu após ser baleado na saída de uma casa de shows e morreu. Um outro homem ficou ferido no tiroteio e foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Em todos os casos, a Polícia Militar isolou os locais do crime e fez buscas pelas imediações, mas até o final da manhã deste sábado (21), nenhum suspeito de envolvimento com os homicídios contabilizados tinha sido preso. Os corpos foram encaminhados para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

G1-PB