João Pessoa 21/06/2018 23:19Hs

Início » Destaque » Conselho de Direitos Humanos visita Presídio do Roger e pede proibição da entrada de novos presos

Conselho de Direitos Humanos visita Presídio do Roger e pede proibição da entrada de novos presos

Segundo o relatório, os presos vivem amontoados e em condições subumanas, além de realizarem revezamento para conseguir dormir nas celas

ROGER PROIBIDO PRESOO Conselho de Direitos Humanos da Paraíba (CDH-PB) pediu a imediata interdição de ingressos de novos apenados na Penitenciária Modelo Desembargador Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger. O pedido consta em um relatório feito após uma visita realizada nesta quarta-feira (26), pelo Conselho para averiguar as condições dos apenados.

O relatório aponta que as condições de vida dos detentos do presídio não são boas. Segundo o relatório, os presos vivem amontoados e em condições subumanas; algumas celas tem a ventilação vedada como forma de castigo coletivo e os presos que estão na área de detentos recém-chegados tem que realizar um revezamento para conseguir dormir.

O Portal Correio entrou em contato com o secretário da Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino, que informou que não irá se posicionar sobre o assunto.
O relatório pede que o Estado se abstenha de aplicar penalidades degradantes que impliquem em risco de saúde e de integridade física dos presos e que a área do “isolado” seja suprimida ou reformada imediatamente.

O relatório realizado pelo Conselho de Diretos Humanos será encaminhado ao Conselho Nacional da Justiça (CNJ).