João Pessoa 18/06/2018 11:34Hs

Início » Destaque » Daniela Mercury canta com os seios de fora no MASP em protesto contra a censura às artes. Assista

Daniela Mercury canta com os seios de fora no MASP em protesto contra a censura às artes. Assista

'Podem fechar os olhos, tapar os ouvidos e ainda assim a arte estará dando sentido à vida', disse ela

Daniela Mercury cantou com seis de fora, cobertos apenas por uma pintura corporal, no show em celebração aos 70 anos do MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand) nesta quarta-feira (22). A arte foi executada no corpo da cantora pelo artista baiano Iury Sarmento. No palco, Daniela protestou contra o crescente movimento de censura às artes, sobretudo àquelas que contêm nudez.

“Não há prisão para a imaginação. Podem fechar os olhos, tapar os ouvidos e ainda assim a arte estará dando sentido à vida. As galerias são a nossa garganta, as telas são nosso corpo. O teatro são as ruas e qualquer lugar que acolha nossa ficção cotidiana e a nossa invenção individual e coletiva. Ninguém prende artista, nem dentro, nem fora de si. Proibir a arte é proibir a vida, é proibir a existência do homem”, escreveu ela no Facebook.
“As nossas vergonhas nunca foram um corpo sem roupa. Os nossos pecados são a violência e o autoritarismo. Vamos celebrar sem medo a liberdade tão arduamente conquistada por nós e por todos que vieram antes”, completou a cantora que, no último domingo (19), criticou o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, durante a Parada LGBT da cidade. Ela foi elogiada pelo posicionamento nas redes sociais.
Assista a um trecho da apresentação:
Diário de Pernambuco