João Pessoa 26/05/2018 04:06Hs

Início » Destaque » De olho na Sul-Americana, Sport recebe o Fluminense na Arena Pernambuco

De olho na Sul-Americana, Sport recebe o Fluminense na Arena Pernambuco

No embalo de duas vitórias fora de casa, Leão busca melhor campanha na Série A e vaga no torneio continental

torcida do sportA três rodadas do encerramento da Série A nacional, o Sport já traçou a sua última meta da temporada: confirmar a vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem. É com esse pensamento que o Leão recebe o Fluminense neste domingo, na Arena Pernambuco, às 16h, em partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Motivação para vencer o tricolor carioca não vai faltar. Isso porque o rubro-negro vem de uma sequência inédita de dois triunfos fora de casa (contra Atlético-PR e Palmeiras) e volta a atuar no estádio de São Lourenço da Mata, local onde o Sport não sabe o que é perder em 2014.

Apesar do cenário positivo, o Leão encontrará um Fluminense com fortes ambições de alcançar o G-4. O tricolor carioca, que soma 57 pontos, vem de uma derrota indigesta diante da Chapecoense, por 4×1, na quinta passada, mas continua firme na disputa por uma vaga na Libertadores 2015. Já o Leão, com 47, busca a classificação para a próxima Copa Sul-Americana e, de quebra, vencer os próximos três duelos para cravar a sua melhor campanha na era dos pontos corridos (desde 2006) – 11º, com 52, em 2008.

“O que aconteceu com o Fluminense (na quinta) foi um acidente. O rival é um time forte, altamente técnico, que só quer a vitória. Então, o Sport tem que estar equilibrado, marcando, mantendo a posse de bola para vencer mais uma. E a vitória com a presença da torcida é fundamental para continuar essa ascensão”, analisou Eduardo Baptista.

Para este confronto, o técnico mal teve tempo de preparação. Dois treinos foram realizados, mas os titulares participaram de apenas uma movimentação. Por conta disso, ele preferiu não fazer alterações drásticas, já que o grupo está entrosado e vem de uma sequência de quatro jogos sem perder.

Sobre a postura dentro de campo, Eduardo ressaltou que o elenco reencontrou a fórmula tática ideal – com a marcação fechada e empenho ofensivo. Para ele, essa é a verdadeira “essência” do estilo de jogo do Leão. “Vamos repetir o mesmo Sport que jogou contra o Atlético-PR e o Palmeiras. Um time aguerrido, marcando. Encontramos a nossa essência, que há muito tempo a gente vinha procurando: todo mundo marcando, todo mundo se doando e tendo personalidade de jogar quando tiver a bola”, finalizou.

 

Jornal do Commércio