João Pessoa 28/05/2018 01:11Hs

Início » Destaque » ‘Facção rival’ estava ameaçando invadir casa de menor acusado de matar adolescente em JP, diz PM

‘Facção rival’ estava ameaçando invadir casa de menor acusado de matar adolescente em JP, diz PM

matou estudante na escolaO menor em conflito com a lei acusado de matar uma adolescente dentro de uma escola na sexta (21), estava sofrendo ameaças por parte de ‘facções rivais’ de invasão à casa de sua mãe e o Tenente Gama informou que a polícia já havia encontrado seu esconderijo, porém antes de agir, o adolescente procurou um advogado.

Em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, o tenente afirmou que o jovem foi ouvido no fórum cível pela doutora Tania Michele. Ele entregou-se acompanhado da mãe e de um advogado. A oitiva durou mais de duas horas.

Informações da polícia apontam que uma ‘facção rival’ estava ‘dando um tempo’ para a polícia que, de acordo com o tenente, se não agisse imediatamente, talvez eles fossem invadir a casa da mãe do adolescente. “Estávamos em campana e fazendo diligências”, destaca.

De acordo com o tenente Gama, a polícia já havia descoberto o esconderijo do jovem que saiu neste domingo (23) para se entregar à polícia.

“O menor recebeu prisão preventiva no Centro Educacional do Adolescente (CEA) decretada por 45 dias até que o julgamento se encerre e ele possa ser condenado”, explica.

Para o policial, o jovem que teve amplamente sua imagem divulgada nas redes sociais havia pintado o cabelo para disfarçar a polícia.

Entenda:

Imagens do circuito interno de TV da escola Violeta Formiga reveladas pela polícia mostram o jovem atirando diversas vezes contra a adolescente de 14 anos, Ana Beatriz na tarde de sexta (21). A jovem foi socorrida por uma viatura da PM e passou por procedimentos de emergência no Trauma, mas não sobreviveu a gravidade dos ferimentos e veio a óbito.

O acusado fugiu e só se entregou à polícia na tarde deste domingo.

Marília Domingues / Jota Ferreira