João Pessoa 16/08/2018 08:10Hs

Início » Destaque » Fluminense passa sufoco, faz gol no fim, e volta ao G-4 do Campeonato Carioca

Fluminense passa sufoco, faz gol no fim, e volta ao G-4 do Campeonato Carioca

Wellington Silva marcou para o Tricolor aos 42 minutos do segundo tempo e evitou o terceiro tropeço seguido

fluminenese vence resendeRio – O Fluminense passou sufoco, mas venceu o Resende por 1 a 0. Wellington Silva evitou o tropeço do Tricolor do balançar a rede aos 42 minutos do segundo tempo. Walter, que entrou no segundo tempo à pedido da torcida, ajudou na evolução ofensiva da equipe e foi coroado com assistência para o gol do lateral-direito. No decorrer da partida, no entanto, o time das Laranjeiras tomou a iniciativa, mas não conseguiu muitas finalizações. O time do Sul do Estado incomodou durante todo o duelo. Chegou a ter um gol anulado de forma correta, acertou a trave e sofreu o castigo no fim.

O resultado positivo deixou o Tricolor na terceira colocação do Campeonato Carioca. Na próxima rodada da competição, o Flu terá o Botafogo pela frente, no domingo, no Maracanã. O Resende pega o Nova Iguaçu, no Laranjão, no sábado

O JOGO

Logo no início o Fluminense mostrou que estava disposto a voltar ao G-4 do Carioca. Aos dois minutos, Gerson deu belo passe para Kenedy. O jovem entrou na área, soltou a bomba e tirou o “uuh” da torcida. Depois, meio sem querer, Giovanni quase abriu o placar. Cruzou de longe, a bola bateu na trave, na linha e saiu. O Resende respondeu e chegou a balançar a rede. O atacante Jhulliam, no entanto, estava impedido e o lance foi anulado acertadamente. O Tricolor buscava o ataque, mas deixava espaços. O time do Sul do Estado, contudo, não aproveitava. Antes do fim do primeiro tempo a equipe das Laranjeiras voltou a assustar. Vinicius arriscou o arremate de longe e acertou o travessão.

Na volta para segunda etapa, o Resende criou boa chance em cobrança de lateral. Rogério arremessou na área, Reinaldo testou e a bola passou rente à trave. Repetindo a mesma jogada, Henrique quase fez gol contra. A sorte do zagueiro foi que Cavalieri estava atento no lance e mandou para escanteio após boa defesa. O Fluminense tomava iniciativa, mas não finalizava. A exceção foi um chute de Vinicius. Enquanto isso o Resende continuava levando perigo. Gabriel ganhou da defesa tricolor, girou o corpo e bateu. A bola pegou caprichosamente na trave.

A torcida impaciente com o mau desempenho em campo pediu a entrada de Walter. E foi atendida. Logo no primeiro lance, o atacante tentou o arremate, foi travado e assustou a meta defendida por Arthur. Fred apareceu pela primeira vez aos 37 minutos. Cabeceou sem força para defesa fácil do arqueiro do Resende. Finalmente, aos 42, o Flu ficou em vantagem. Walter avançou pela ponta esquerda, bateu forte e Wellington Silva completou para o fundo das redes: 1 a 0. Alívio e três pontos para o Tricolor

FLUMINENSE 1 X 0 RESENDE

Estádio: Raulino de Oliveira

Público: 1.093 pagantes (1.711 presentes) Renda: R$ 28.980,00

Gols: Wellington Silva (2ºT, 42′)

Cartões amarelos: Wagner (Fluminense), Gabriel (Resende), Jhulliam (Resende), Luiz Fernando (Fluminense)

Cartões vermelhos: –

Fluminense: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Victor Oliveira e Giovanni; Jean, Gerson, Wagner (Marlone) e Vinicius (Luiz Fernando); Kenedy (Walter) e Fred

Resende: Arthur; Cássio, Rogério, Admilton e Uallace; Léo Silva, Iuri, Marcel e Reinaldo (Gabriel); Geovane Maranhãoe Jhulliam

O Dia