João Pessoa 24/06/2018 22:35Hs

Início » Destaque » Hoje Maranhão sustenta candidatura e comenta chapa: “Importante que Campina Grande esteja representada”

Hoje Maranhão sustenta candidatura e comenta chapa: “Importante que Campina Grande esteja representada”

Senador lembrou a importância de ter um nome do segundo maior colégio eleitoral do estado na aliança

Se depender do senador José Maranhão (MDB), além de se manter na disputa ao Governo do Estado, a chapa liderada por ele ainda vai contar com um nome de Campina Grande para garantir a representatividade eleitoral. Em declarações concedidas à imprensa durante uma confraternização realizada em um restaurante da Capital, o emedebista garantiu que não há dúvidas sobre sua postulação.

“Se tem, me diga qual é que eu quero tirar”, brincou Maranhão. Questionado sobre a composição da chapa, o senador lembrou a importância de ter um nome do segundo maior colégio eleitoral do estado. “Poderá ser de Campina Grande. Vai depender muito do entendimento, da conversa, das alianças que nós posamos formar. Não se pode pensar em nenhum solução que não possa envolver também os interesses e os projetos para desenvolvimento e valorização de Campina Grande”, reforçou.

Em relação a outras legendas no projeto da oposição, especificamente do PSD, o ex-governador voltou a salientar que não há aliança atual, mas destacou que os partidos podem voltar a se unir. “Não temos nenhum aliança, mas nada nos impede de ter uma até o final das convenções, quando as candidaturas e chapas vão ser constituídas”, disse. Sobre os demais candidatos, ele afirmou ter ‘respeito a todos’, mas que essa eleição conta com um diferencial que é a ‘independência do eleitor’. “Estou muito sereno sobre essas questões, mas vai chegar o tempo em que isso vai afunilar e vamos ter que discutir para tirarmos uma posição. Eu aposto na união e não na divisão. Não sei qual é o tempo, acho que até as convenções”, arriscou.

A confraternização do senador foi marcada pelas presenças do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), pelo correligionário Manoel Júnior, pelo prefeito Luciano Cartaxo(PSD); além ausências de Raimundo Lira (MDB), Romero Rodrigues (PSDB) e Veneziano Vital (MDB).

Blog do Gordinho