João Pessoa 23/06/2018 12:02Hs

Início » Destaque » Jovem desaparece e cabeça dele é encontrada em mochila abandonada em Feira livre

Jovem desaparece e cabeça dele é encontrada em mochila abandonada em Feira livre

A vítima, um jovem de 21 anos, estava desaparecida desde a noite da Sexta-Feira da Paixão. Cabeça dele foi encontrada em stand feira livre

cabeça de pedroA cabeça de Pedro estava em uma mochila,  abandonada em um banca de verduras

A cabeça de um jovem de 21 anos foi encontrada dentro de uma mochila abandonada em um mercado ao ar livre, na manhã deste sábado (26), em Feira de Santana (BA). Pedro Gonzaga Neto estava desaparecido desde a noite desta sexta (25). Ele foi identificado pela própria mãe, afirmou a polícia.

“Ele gostava muito de andar de skate e saiu ontem de casa com o brinquedo, por volta das 19h, dizendo que ia para um parque. Como ele sempre dormia em casa, a mãe deu falta quando percebeu que ele não tinha voltado e saiu procurando. Foi ela que identificou o filho”, disse o delegado José Carlos das Neves, plantonista da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Feira de Santana.

A cabeça de Pedro foi encontrada enrolada em um saco plástico, dentro de uma mochila preta e azul que foi abandonado em uma banca de verduras da feira livre do Conjunto Feira VII, no bairro Tomba. Ainda de acordo com o delegado José Carlos, a Polícia Militar foi alertada do crime através de uma denúncia anônima feita nesta manhã. O rapaz morava no mesmo bairro onde foi morto.

“Esta feira acontece aos finais de semana, bem cedo. Depois da ligação, uma viatura da 67ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) esteve no local e confirmou o fato. Mataram ele nessa madrugada, no próprio Conjunto Feira VII, e deixaram a mochila na feira assim que ela terminou”, relatou o delegado.

A vítima, um jovem de 21 anos, estava desaparecida desde a noite da Sexta-Feira da Paixão
(Foto: Paulo José/Acorda Cidade)

“Quando a mãe dele soube da história, foi correndo até o local e chegou depois que a gente tinha tirado a cabeça do saco, e os peritos estavam analisando. Ela o reconheceu na hora”, comentou. Os restos mortais do rapaz ainda não foram encontrados, mas a Polícia Civil suspeita que eles foram abandonados dentro do Feira VII, e realiza buscas em parceira com a PM para localizá-los.

A cabeça de Pedro estava em uma mochila,
abandonada em um banca de verduras
(Foto: Paulo José/Acorda Cidade)

A cabeça de Pedro foi encaminhada ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, onde deverá permanecer até que os seus restos mortais sejam localizados.

A motivação do crime ainda está sendo investigada pelo DHPP da cidade, que busca identificar os suspeitos da morte do jovem.

Informações preliminares apontam que Pedro pode ter sido morto por algum traficante da região, disse a polícia.

“A mãe dele disse que o Pedro era usuário de drogas. E testemunhas comentam que ele estaria devendo dinheiro a um traficante. Mas ainda não há suspeitos”, adiantou o delegado José Carlos ao CORREIO.