João Pessoa 24/05/2018 17:50Hs

Início » Destaque » Justiça suspende festa de São João em cidade da PB por falta de efetivo policial

Justiça suspende festa de São João em cidade da PB por falta de efetivo policial

Suspensão ocorreu no município de Areia, no Agreste da Paraíba; decisão foi divulgada pelo prefeito nas redes sociais; comandante da PM local diz que apenas três policiais são fixos na cidade

forró canceladoO evento ‘São João Cultural’, que aconteceria nessa sexta-feira (24) na cidade de Areia, no Agreste da Paraíba, a 130 km de João Pessoa, foi suspenso por ordem da Justiça, que alegou falta de efetivo policial no município para atuar na segurança da população durante a festa.

A decisão foi divulgada pelo prefeito Paulo Gomes por meio de postagem nas redes sociais. “Peço desculpas a todos”, disse o gestor na publicação. Confira abaixo o texto na íntegra:

Publicação do prefeito nas redes sociaisFoto: Publicação do prefeito nas redes sociais
Créditos: Reprodução

Em contato com a redação do Portal Correio, o comandante da Polícia Militar de Areia, tenente Fidelis, confirmou que o policiamento atual está carente de homens e de mais uma viatura.

“Quando eu assumi o comando, em fevereiro deste ano, percebi os problemas e solicitei providências ao Comando Geral. Na cidade, geralmente há três policiais militares fixos, que têm o suporte de mais quatro, em média, do Corpo de Policiamento Especial”, disse o tenente, esclarecendo que os agentes aos quais se referiu, que complementam o quadro, também atuam em outros municípios da região.

“Acredito que para suprir a nossa necessidade, precisaríamos de mais uma viatura, de preferência uma caminhonete com tração 4×4, para ações na Zona Rural, e um total de 12 homens atuando na cidade”, revelou Fidelis.

O comandante disse que, devido à má situação encontrada, na qual, segundo ele, a população estava desassistida, estabeleceu novas atividades para os policiais, de forma que, mesmo sobrecarregados, pudessem atender todas as regiões de areia e Zona Rural.

Quanto ao problema na festa de São João, o tenente também ressaltou que a gestão municipal não se mobilizou em tempo hábil para solicitar apoio da polícia. “Foi enviado um ofício apenas no dia 22 deste mês, inviabilizando a organização das ações policiais, concluiu”.

A PM da Paraíba está realizando a Operação São João 2016, com o objetivo de promover a segurança durante os festejos juninos. De acordo com o comandante geral da PM, coronel Euller Chaves, todos os recursos disponíveis para garantir um feriado mais seguro estariam sendo empenhados.

Portal Correio