João Pessoa 20/05/2018 19:30Hs

Início » Destaque » Luciano, Azevedo e as balas trocadas

Luciano, Azevedo e as balas trocadas

Prefeito e secretário se enfrentam. No centro do ringue, os ataques às dúvidas

A semana registra pela primeira vez um choque direto entre o prefeito Luciano Cartaxo e o secretário João Azevedo, ambos pré-candidatos ao Governo, em 2018.

No centro do palco, as dúvidas e nuanças sobre as respectivas candidaturas.

Luciano começou fustigando Azevedo com base no fantasma ainda de 2016 que continua rondando o ungido do PSB.

Lembrou do histórico socialista de lançamento, troca e substituição de candidatos. Quem vai na história lembra de Agra e Estela Bezerra, em 2012, depois João e Cida Ramos, na eleição passada.

Cartaxo faturou em cima da aura de instabilidade em torno de João, sobretudo pelas suspeitas cada vez mais crescentes de que o governador Ricardo Coutinho deve se afastar em abril para disputar o Senado.

Azevedo, do outro lado, não deixou barato. Aproveitou, claro, para polarizar com quem está na dianteira do atual quadro de perspectiva eleitoral.

Chamou Luciano para o ringue, disse que o prefeito, na verdade, teme seu nome no páreo e devolveu: “Desafio o prefeito a assumir o compromisso de que se afastará em 7 de abril”.

Na mesma moeda, João usou o cenário da soma de vários fatores que serão pesados pelo prefeito antes de abdicar do mandato, com quase três anos ainda pela frente para arriscar tudo por uma disputa que só acontece quatro meses depois, quando até lá tudo pode acontecer.

Na prévia de 2018, Luciano e Azevedo instigam um ao outro. E usam a munição das dúvidas.