João Pessoa 26/05/2018 12:13Hs

Início » Destaque » Médicos paralisam atendimentos na PB a partir desta segunda, diz Simed

Médicos paralisam atendimentos na PB a partir desta segunda, diz Simed

Cerca de 10 mil consultas e 800 cirurgias deixarão de ser realizadas nos próximos dias em toda a Paraíba. O Sindicato dos Médicos (Simed-PB) iniciou nesta segunda-feira (15) uma paralisação nos atendimentos aos clientes de planos de saúde no Estado. Para o presidente do sindicato, Tarcísio Campos, pelo menos mil profissionais devem aderir à paralisação.

Segundo a associação, o motivo foi o baixo valor pago pelos procedimentos médicos através dos planos de saúde. “A deliberação foi tomada em assembleia no último dia 10 e começamos hoje, até o dia 25 de outubro. Até 10 mil consultas e em torno de 400 cirurgias deverão deixar de ser realizadas”, afirmou Tarcísio Campos.

Conforme a expectativa dos sindicalistas, apenas os planos Unida e Unimed seguem em atendimento regular, pois os contratos são feitos em acordos separados entre os seus cooperados.

O Simed reivindica reajuste de 100% no pagamento de consultas e cirurgias. Segundo o sindicato, a proposta é de que os planos paguem R$ 80 aos médicos por consulta.

Às 8h da próxima quinta-feira (18), haverá uma entrevista coletiva na sede da Associação Médica da Paraíba (AMPB), em João Pessoa, para apresentar um balanço do movimento sindical e do número de atendimentos não realizados no período.

G1 PB