João Pessoa 16/07/2018 23:54Hs

Início » Destaque » Moro determina que Dirceu vá a Curitiba colocar tornozeleira eletrônica

Moro determina que Dirceu vá a Curitiba colocar tornozeleira eletrônica

Ex-ministro foi solto pelo STF

O ex-ministro José Dirceu deixa o Fórum Professor Júlio Fabbrini Mirabete, do Tribunal de Justiça do DF.

O ex-ministro José Dirceu na saída do Tribunal de Justiça do DFMarcelo Camargo/Agência Brasil –

O juiz federal Sérgio Moro decidiu nesta 6ª feira (29.jun.2018) que o ex-ministro José Dirceu deve comparecer à 13ª Vara Federal em Curitiba até o dia 3 de julho para colocar a tornozeleira eletrônica.

Dirceu foi beneficiado por decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) na 3ª feira (26.jun). A 2ª Turma da Corte suspendeu a execução da condenação do petista a 30 anos e 9 meses de prisão por corrupção passiva, pertinência a organização criminosa e lavagem de dinheiro.

ex-ministro foi solto na madrugada de 4ª feira (27.jun) e está em seu apartamento, em Brasília.

No mesmo dia, o TJ-DFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) já havia recomendado o monitoramento por tornozeleira eletrônica de Dirceu. Segundo a juíza Leila Cury, na decisão do Supremo “há menção expressa no sentido de que José Dirceu retorna à situação processual anterior”, na qual o petista cumpria medidas cautelares.

Roberto Podval, advogado do ex-ministro, afirmou na ocasião que negociava para que o petista pudesse se apresentar em Brasília, uma vez que mora na capital federal.

(Com informações da Agência Brasil.)