João Pessoa 27/05/2018 19:45Hs

Início » Destaque » Mulher é presa com 25kg de maconha e lista de contabilidade do tráfico, diz PMPB

Mulher é presa com 25kg de maconha e lista de contabilidade do tráfico, diz PMPB

Lista tinha referências aos presídios PB1 e PB2, em João Pessoa.

Mulher foi presa com 25kg de maconha (Foto: Wagner Varela/Polícia Militar)

Uma mulher de 23 anos foi presa em flagrante, nesta quinta-feira (3), com 25kg de maconha, uma balança de precisão e uma lista com o que seria a contabilidade do tráfico. A prisão foi realizada pela Polícia Militar, durante a Operação Impacto.

Segundo a PM, a mulher foi encontrada em uma casa, no conjunto Nova Mangabeira, que servia para guardar drogas. Ela estaria atuando a mando de presidiários. A jovem foi apresentada com o material apreendido na Central de Flagrantes, no Geisel.

O papel apreendido possuía escrituras fazendo referências, supostamente, aos presídios PB1 e PB2, em Jacarapé, o que levanta a suspeita de que ela teria ligação com os presos daquelas unidades prisionais, fato que deve ser investigado pela Polícia Civil.

Lista tem referências aos presídios PB1 e PB2, em João Pessoa (Foto: Wagner Varela/Polícia Militar)Lista tem referências aos presídios PB1 e PB2, em João Pessoa (Foto: Wagner Varela/Polícia Militar)

Lista tem referências aos presídios PB1 e PB2, em João Pessoa (Foto: Wagner Varela/Polícia Militar)

Operação Impacto

Ainda nas primeiras horas da operação, Policiais da Força Tática do 1° Batalhão apreenderam mais de 70 trouxas de maconha prontas para a venda, na comunidade Bola na Rede, no bairro dos Novais, em João Pessoa. O entorpecente estava com um suspeito de 30 anos, que já tinha três passagens pela polícia – duas por porte ilegal de arma e uma por roubo. Ele também foi apresentado na Central de Flagrantes.

A 27ª edição da operação Impacto conta com 610 policiais e 145 viaturas, reforçando as atividades nos municípios de Santa Rita, João Pessoa, Campina Grande e a região de São Bento. A operação inicia as ações planejadas pela corporação para o fim de ano, que terá reforço nos comércios e localidades que vêm apresentando maiores índices criminais.

G1-PB