João Pessoa 19/06/2018 12:33Hs

Início » Câmara em foco » Nepotismo: filha do presidente tem cargo e ganha R$ 18 mil por ano na Câmara de Bayeux

Nepotismo: filha do presidente tem cargo e ganha R$ 18 mil por ano na Câmara de Bayeux

Mara Batista é comissionada e ocupa o cargo de assessora parlamentar na Casa

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou um inquérito civil público contra o presidente da Câmara de Bayeux, vereador Mauri Batista da Silva, mais conhecido como Noquinha (PSL), para investigar caso de nepotismo na Casa Severaque Dionísio. Isso porque a filha do presidente, Mara Batista, ocupa um cargo comissionado na Câmara. Ao longo do ano passado, ela ganhou R$ 18 mil

De acordo com informações do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Gilmara de Melo Mendes Batista, filha de Noquinha, é assessora parlamentar, com salário de R$ 1.500 por mês.

O caso está sendo investigado pela 4ª promotora de Justiça, Maria Edlígia Chaves Leite, que também instaurou em janeiro deste ano inquérito para investigar irregularidades na licitação que contratou empresa para o serviço de alimentação da Câmara de Bayeux.