João Pessoa 25/06/2018 18:07Hs

Início » Destaque » O Brasil quer saber quem é o ex-presidiário que se tornou diretor na Paraíba

O Brasil quer saber quem é o ex-presidiário que se tornou diretor na Paraíba

 Todos nós paraibanos já conhecemos o amigo Silva Neto que é um exemplo de superação. Silva Neto passou por muitas dificuldades  em sua vida quando esteve cumprindo pena no presídio do Serotão em Campina Grande.

Abandono e superação

Natural de Patos, Sertão da Paraíba, ele ingressou na polícia militar aos 19 anos, te uma larga folha de serviços prestados em sua ficha funcional na PM/PB, policial conhecido em todo estado como um ‘linha dura’ para quem comete crime um dia por ironia do destino o bravo policial Silva Neto, foi acusado de homicídio e foi condenado a cumprir 15 anos de prisão, naquela época ficou sozinho e isolado de todos os velhos amigos, desapareceram e para aquele homem só restou o apoio da família e da “Igreja Universal do Reino de Deus” que investiu  nele e o transformou no homem que é hoje bem melhor do que ontem.

Exemplo de Gestor, reconhecimento e agradecimento

Um grande administrador um exemplo de Gestor prisional em todo Brasil, graças a oportunidade que lhe foi dada pelo governador da Paraíba Drº Ricardo Coutinho que conheceu quando deputado por Silva Neto e o nomeou como diretor geral do presídio Regional de Sapé, o governador mesmo sabendo que teria de enfrentar a opinião daqueles que usavam a hipocrisia dizia como é que contrata um ex-presidiário, más Ricardo Coutinho não dando ouvido a opinião pública acreditou em Silva Neto e resolveu apostar e hoje ver que estava certo quando o convidou para o governo.

Reconstrução moral da instituição – Presídio Regional de Sapé

O presídio de Sapé era uma unidade prisional que mais havia rebeliões, fugas e briga de facções, ao assumir como diretor aceitou o desafio de reduzir e limpar o nome do presídio das páginas de sangue e transformou em um bom lugar de se viver e cumprir pena. É a única casa prisional do Brasil onde todos os detentos estão na sala de aula, onde há vários projetos em andamento de ressocialização que vem a seguir.

Conquistando a confiança de familiares de apenados pra ressociá-los

Adotou um sistema de pernoite com as esposas/companheiras dos reeducandos sempre antecedido com um jantar realizado no pátio da unidade em comemoração ao período da semana Santa, São João e Natal: Comemorações do dia das Mães, dos Pais e das Crianças.

Projetos implantados na casa prisional consolidando a ressocialização

1º Projeto “Cinema no Presídio”, com filmes educativos apresentados no pátio da unidade a ser realizado.

2º Criação e lançamento do Cordel elaborado pelos reeducandos denominado “A Paz chegou nesse lugar”.

3º Feira de Artesanato

4º Campeonato de jogos de Damas.

5º Maratona denominada “Em busca da Liberdade.”

6º Projeto “Versos e Poesia”.

7º Copa de futebol com times formado pelos reeducandos das celas diversas

8º Lançamento de CD e DVD do grupo “Ressocializando” formado pelos reeducandos

9º A associação produtiva de apoio ao trabalhador preso, egressos familiares de Sapé-ASTAPEF, tem como objetivo, contribuir para a recuperação social do preso, do egresso e seus familiares através da melhoria de suas contribuições de vida, mediante a elevação do nível de sanidades física e mental, o aprimoramento moral, o adestramento profissional e o oferecimento de oportunidade de trabalho produtivo propondo-se a:

Resgate do ser humano ao resgate da sociedade

Oferecer ao trabalhador sentenciado egressos e seus familiares novos tipos de trabalho, compatível com sua situação na prisão.

Agora o Brasil inteiro quer conhecer o ex-presidiário que se tornou diretor de presídio

Agora no dia 25 e 26 de Outubro o diretor Silva Neto estará viajando para Belo Horizonte MG, a convite da Pastoral Carcerária Nacional, para participar do Seminário abordando o Tema “Discutindo o combate ás violações do direito fundamental da pessoa em privação da liberdade”, e entre os dias 1, 2,3 e 4 de Novembro a convite da Igreja Universal do Reino de Deus de Salvador estará indo aquele estado para de um seminário ministrado pelo IURD que trás o  tema “ Liberdade e ressocialização”, onde na oportunidade o nosso Silva Neto estará como palestrante apresentando o modelo de gestão  que tem encontrado  á Paraíba e agora ao Brasil.

Considerações

Isso é muito honroso ao nosso estado, haja vista, que Silva Neto é o único diretor de presídio do Nordeste que foi convidado para este evento. Procurado pela reportagem de jornalismo do Paraíba Urgente, o diretor disse ainda que tudo isso é fruto do trabalho de ressocialização implantado na Paraíba pelo governador Ricardo Coutinho que logo no primeiro ano de governo criou a Gerencia de ressocialização comandada pela professora Ziza Maia da Seap, saindo na frente dos outros estados da federação.

Veja alguns vídeos




Lamartine do Vale