João Pessoa 23/06/2018 14:08Hs

Início » Destaque » O sítio é de Lula? Veja fatos e mentiras que circulam na internet

O sítio é de Lula? Veja fatos e mentiras que circulam na internet

Matérias antigas falam sobre sítio - Até Lava Jato petista não negava - Fake news também citam caso

Congesso Nacional do PC do B, que contou com a presença do ex-Pres. Lula da Silva. A Manuela DÁvila foi lancada candidata do partido a preisdencia da República. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Informações falsas e verdadeiras circulam na internet sobre o sítio em Atibaia que é atribuído a Lula

Após a condenação em 2ª Instância do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá, esta semana começaram as audiências do processo sobre o sítio em Atibaia. A audiência de 7 pessoas deve ser feita hoje (5.fev.2018) e 4a feira (7.fev.2018) na Justiça Federal em Curitiba. Entre os depoentes estão o marqueteiro João Santana e sua mulher, Mônica Moura.

Com as atenções voltadas a este caso, começam a circular notícias na internet que demonstrariam que o sítio sempre foi de Lula. Parte das informações é verdadeira. Outra, não.

Há alguns anos, jornais publicaram notícias relatando que o ex-presidente passaria fim de semana e festas de fim de ano “em seu sítio” em Atibaia. Em 2011 e 2012, ele utilizava o local para descansar do tratamento radioterápico contra o câncer na laringe. Em 2014, o sítio voltou a ser citado como espaço onde Lula iria para descansar.

Eis alguns exemplos:

Folha de S.Paulo, 15.out.2014

Folha de S.Paulo, 03.jan.2012

Estadão, 29.dez.2011

Não consta que o petista ou sua defesa tenham questionado esse fato antes do início da Lava Jato.

FAKE NEWS

Há 1 vídeo que circula nas redes que supostamente mostraria o ex-presidente jogando futebol na propriedade. A gravação é falsa. Trata-se de uma montagem. A imagem mostrada foi produzida para a campanha de 2002 na chácara “Los Fubangos”, em São Bernardo do Campo, que realmente é da família do petista.

Lula chegou a comentar sobre o caso em seu Facebook, em 2016:

O CASO DO SÍTIO

A denúncia do MPF (Ministério Público Federal), aceita pelo juiz Sérgio Moro em julho de 2017, acusa Lula de corrupção e lavagem de dinheiro na reforma do sítio pela OAS, Odebrecht e José Carlos Bumlai. O custo teria sido de R$ 1,2 milhão.

O imóvel está em nome de amigos da família de Lula. O ex-presidente nega que a propriedade seja dele.

Relembre todos os processos que envolvem o petista.

Informações deste post foram publicadas antes pelo Drive, com exclusividade. A newsletter é produzida para assinantes pela equipe de jornalistas do Poder360. Conheça mais o Drive aqui e saiba como receber com antecedência todas as principais informações do poder e da política.

Poder360