João Pessoa 27/05/2018 21:46Hs

Início » Destaque » Pastor evangélico morre ao ser baleado em rodovia da PB; polícia crê em latrocínio

Pastor evangélico morre ao ser baleado em rodovia da PB; polícia crê em latrocínio

Religioso de 44 anos congregava na Assembleia de Deus e estava estabelecido no sítio Piabuçu, na cidade de Rio Tinto, há cerca de um ano

revolver preto longo 011O pastor evangélico Edvaldo Hermínio Trindade Júnior, de 44 anos, foi assassinado na noite desta quarta-feira (1º) com um disparo de arma de fogo no pescoço enquanto dirigia na rodovia BR-101, em trecho próximo ao distrito de Pitanga da Estrada, no município de Mamanguape, na porção Norte da Zona da Mata da Paraíba, a 62 km de João Pessoa. A Polícia Civil, que investiga o caso, levantou a hipótese de que o crime se tratou de um latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte, mesmo, a princípio, nada ter sido roubado da vítima.

Segundo o delegado Marcos Paulo, que registrou a ocorrência, o religioso congregava na Assembleia de Deus e estava estabelecido no sítio Piabuçu, na cidade próxima de Rio Tinto, há cerca de um ano.

“Ele seguia com destino a Mataraca, onde iria plastificar alguns documentos, quando foi atingido. Acreditamos que o crime tenha sido cometido por dois homens em uma moto, pois um senhor disse que tinha sido vítima de roubo a cerca de 1 km de onde houve o crime”, contou o delegado.

Marcos Paulo informou que não houve resquícios de tiro no carro, pois o vidro do lado do condutor estava parcialmente aberto no momento do tiro. Ferido, o pastor perdeu o controle do automóvel que conduzia, que colidiu com a mureta central da rodovia, mas sem causar danos estruturais ou impedir o tráfego de veículos. Foram encontrados R$ 551 no carro.

“Pastores que conheciam a vítima desconhecem qualquer rixa”, concluiu o delegado, que seguirá apurando o caso.

Até o fim da noite desta quarta-feira, ninguém havia sido detido pelo crime.

Crime ocorreu em trecho da rodovia BR-101

Portal Correio