João Pessoa 19/06/2018 04:55Hs

Início » Destaque » “Pode criar tapurus nas celas que não podemos fazer nada”, reage secretário à denúncias do CEDH no presídio do Róger

“Pode criar tapurus nas celas que não podemos fazer nada”, reage secretário à denúncias do CEDH no presídio do Róger

Walber Virgolino reconheceu que alguns problemas denunciados pelo Conselho são verdadeiros

walber virgolinoO secretário da Administração Penitenciária, Walber Virgolino, esclareceu, nesta quinta-feira (27), denúncias do Conselho Estadual de Direitos Humanos na Paraíba (CEDH-PB) de superlotação; vedação de ventilação de celas como forma de castigo coletivo; falta de higiene em celas, internos ainda não condenados definitivamente, submetidos à condição desumana; na Penitenciária Modelo Desembargador Flósculo da Nóbrega, conhecida como Presídio do Róger, localizada em João Pessoa (PB).

Walber Virgolino reconheceu que alguns problemas denunciados pelo Conselho são verdadeiros, mas ressaltou que em vários casos o Governo do Estado não pode fazer nada, exemplificando a questão da superlotação.

“O problema do sistema prisional não é só nosso, são várias vertentes: se prende mal, se julga mal. Nós apenas custodiamos os presos”, afirmou.

Com relação à sujeira e internos amontoados em condições sub-humanas em celas, o secretário disse que o Estado não pode fazer nada. “Pode criar tapurus nas celas que não podemos fazer nada. Só podemos fazer a limpeza nos corredores. Nas celas a higiene deve ser feita pelos detentos”, disparou.

MaisPB